Chamusca elogia postura do Fortaleza após empate diante do Flamengo

Técnico Marcelo Chamusca em partida entre Fortaleza e Flamengo no Castelão. (Foto: Julio Caesar/ O POVO)
O Fortaleza não saiu na Arena Castelão com os três pontos neste sábado, 26. No entanto, o técnico Marcelo Chamusca, em coletiva cedida após a partida, elogiou o desempenho tático da equipe no empate sem gols contra o Flamengo.
"A gente jogou para ganhar, dentro da nossa estratégia. Não adotamos estratégias para somar só um ponto e tivemos chance de levar os tês pontos. Fizemos um jogo taticamente qualificado. A disciplina tática dos nossos jogadores na fase defensiva, pela característica do adversário, me deixou muito satisfeito. Se você pegar os números do jogo, o Flamengo só finalizou com êxito no gol duas vezes. Fomos disciplinados na hora de baixar para marcar e tivemos possibilidades interessantes", desenhou o treinador do Leão.
Outro ponto elogiado por ele, com o futebol apresentado pelo elenco tricolor, foi o resgate da personalidade da equipe. "Acho que temos que pegar a importância do resgate da nossa essência, a ser um time marcador, que vibra dentro de campo, pois acho que era isso que o torcedor estava esperando", falou.
Apesar do bom jogo, Chamusca disse que a ideia não é manter a formação que foi trabalhada na partida deste sábado, mas sim a organização praticada pela equipe.  "Vamos dizer que usamos uma formação hoje e o time foi bem porque ela trabalhamos a organização pela qualidade do adversário. Não posso falar que achamos o ponto, mas a tendência é manter uma mecânica próxima. Conseguimos nos comportar positivamente. A gente ganha leques de opções e é importante para a sequência do campeonato", contou.
Chamusca destaca organização tática da equipe em empate com o Flamengo: "Conseguimos neutralizar bem o nosso adversário"
O próximo duelo do Fortaleza ocorre somente em 2021, quando no dia 06 de janeiro, o time enfrenta o Sport na Ilha do Retiro e Chamusca espera que, de lá para cá, a equipe consiga manter o espírito competitivo demonstrado contra o Flamengo. 
"Temos obrigação de manter nosso espírito competitivo. Não podemos fazer um jogo com a excelência que fizemos hoje e dar 1% a menos no próximo jogo do que demos hoje. O Sport hoje é um concorrente próximo. Vamos trabalhar na semana para que isso possa acontecer", exclamou.
O único ponto que o técnico do Leão pontuou como a melhorar foi a velocidade no trabalho das transições para o ataque. "Nós podemos melhorar alguns aspectos. Sabíamos que íamos enfrentar um time que joga como protagonista. Nosso trabalho é manter a boa organização defensiva, mas precisamos melhorar nas transições. Precisamos voltar a marcar e ser assertivo nos contra-ataques. Finalizamos pouco menos que o Flamengo. Acertamos mais a meta que o adversário. A gente precisa melhorar a nossa eficácia, nossa eficiência e poder definir o resultado do jogo", salientou. 

O Povo Online
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador