Mesmo com surto de Covid-19 no elenco, Palmeiras não pediu adiamento dos jogos; entenda o motivo

Palmeiras e Fluminense pelo Campeonato Brasileiro(Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
O Palmeiras tem no momento 17 jogadores afastados em decorrência do novo coronavírus e mesmo assim não cogitou pedir o adiamento da partida deste sábado contra o Goiás. A partida é válida pela 22ª rodada do Brasileirão.
O surto de Covid-19 afetou seriamente o clube nos últimos dias. Na última quarta-feira, enfrentou o Ceará pela Copa do Brasil com 15 desfalques por conta da doença. E novamente, a diretoria não considerou pedir o adiamento da partida.
O motivo disto é que a diretoria Alviverde acredita que o protocolo aprovado pelas equipes, junto a CBF, deve ser respeitado, até para haver uma isonomia entre os clubes participantes das competições. Pedir para que a partida seja adiada seria ir contra algo que a Academia concordou antes do retorno do futebol.
Os dirigentes do Palmeiras querem manter a coêrencia quanto a isso, tendo em vista que a posição do clube foi entrar em campo contra o Flamengo, que cerca de dois meses atrás, sofreu com a mesma situação e tinha poucos jogadores à disposição.
A postura do Palmeiras é de enfrentar as dificuldades impostas pela pandemia e se virar da maneira que dá, até que o surto no clube passe. Internamente, avalia-se que a comissão técnica de Abel Ferreira tem agido bem quanto a isso, já que ainda não perdeu nenhum jogo mesmo com os desfalques.
Juntando os lesionados e suspensos, além dos que testaram positivo para Covid, o Palmeiras vai para o jogo contra o Goiás com 21 desfalques, neste sábado, às 21h, pelo Brasileirão.

POR MH
VIA O DIA
Share on Google Plus

Inicio Joao Filho

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador