Eduardo Coudet troca líder Brasileirão pelo 17º do Espanhol

Coudet deixa o Inter após cerca de sete meses de trabalho — Foto: Vinícus Costa/BP Filmes
Agora é oficial: Eduardo Coudet não é mais técnico do Inter. O clube oficializou a saída do treinador argentino em um pronunciamento do presidente Marcelo Medeiros e do vice-presidente Alexandre Barcellos na tarde desta segunda-feira.
Segundo o mandatário colorado, a saída do técnico se deu por iniciativa do próprio treinador. Coudet pediu demissão na noite de domingo, após o empate contra o Coritiba. Ele vai assumir o Celta de Vigo, da Espanha.
– Infelizmente, o projeto Eduardo Coudet e sua comissão técnica terminou ontem após o jogo contra o Coritiba, sendo a saída do treinador inciativa única e exclusivamente do Eduardo Coudet. Nós em nenhum momento pensamos em ter um outro treinador nesta temporada e na temporada do ano seguinte – declarou Medeiros.
– Só para recordar: o projeto Eduardo Coudet começou no ano passado, quando o Inter foi a Buenos Aires, pagou uma multa rescisória para ter o profissional e a comissão no ano de 2020 e 2021, acreditando em um projeto de longo prazo. Ontem, depois da coletiva, fomos surpreendidos com um pedido de demissão de forma irrevogável – completou.
O interesse do Celta em Coudet foi noticiado pelo GE no último domingo. O clube espanhol já havia tentado a contratação do treinador argentino ainda no início da temporada e voltou à carga em busca de um substituto para Óscar García, demitido nesta segunda-feira.
Pela manhã, os dirigentes tiveram uma nova reunião com Coudet para tentar convencê-lo a ficar no Beira-Rio. Mas o treinador manteve manteve-se irredutível em sua posição.
Além da proposta do clube espanhol, também pesou para a saída do técnico um crescente distanciamento com a atual diretoria. As partes entraram em rota de colisão após uma divergência sobre a necessidade de reforços e a qualidade do elenco.
A insatisfação nos bastidores ganhou os microfones e se tornou pública na última semana, nas entrevistas após a vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-GO, pela Copa do Brasil. A diretoria, porém, alega que o principal motivo foi a proposta do Celta.
– O Coudet chegou a mencionar em algumas coletivas a questão do processo eleitoral. Mas nas nossas conversas de treino, durante a concentração, os almoços, as jantas depois dos jogos, ele nunca falou que estava com algum tipo de preocupação. A maior preocupação sempre foi ter uma equipe competitiva para brigar pelas três competições. A nossa avaliação é que temos um grupo competitivo. O que ele nos disse hoje é que ele estava tendo uma oportunidade de trabalhar num clube europeu – disse Medeiros.
Sem Coudet, o Inter parte em busca de um substituto. A reportagem do ge apurou que Abel Braga, campeão da Libertadores e do Mundial em 2006 e livre no mercado, foi procurado e está próximo de um acerto. Mas a direção afirma que só agora vai atrás de um novo nome.
– Quem está dando o treino é o Fábio Matias, do nosso sub-20, junto com o Cristiano Nunes e o Caíco. Eu não falei com o Abel. Não faria isso, falar com o treinador ainda tendo questões a ser resolvidas com o treinador que ainda estava aqui – garantiu Medeiros.
Coudet deixa o Inter na liderança do Brasileirão e classificado para as oitavas de final da Libertadores e quartas da Copa do Brasil. Em 46 jogos, soma 24 vitórias, 13 empates e nove derrotas, com aproveitamento de 61,5%.

Por Redação do GE
Porto Alegre
Share on Google Plus

Inicio Joao Filho

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador