Ceará e São Paulo empatam no Castelão em jogo que teve polêmica de arbitragem envolvendo o VAR

Ceará x São Paulo, na Arena Castelão (Foto: Kid Júnior /SVM)
Ceará e São Paulo empataram por 1 a 1 na noite desta quarta-feira, no Castelão, em Fortaleza, em jogo atrasado da 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor saiu na frente com gol de Diego Costa, mas o Vozão empatou no segundo tempo com Léo Chú. A partida, no entanto, ficou marcada por uma polêmica protagonizada pelo árbitro de vídeo. O segundo gol do São Paulo, marcado por Pablo, foi anulado em campo pelo bandeirinha. Mas, revistado pelo VAR, foi validado. Depois de o jogo ter sido reiniciado pelo árbitro, o VAR revisou novamente, o que é proibido pela regra, e confirmou a anulação. Com a bola rolando, Ceará e São Paulo fizeram um jogo equilibrado, de chances para ambos os lados. Assista aos melhores momentos:
Como fica?
Com esse empate, o São Paulo perde a chance de colar nos líderes ou até assumir a liderança. Agora com 38 pontos e dois jogos a menos, o Tricolor segue em terceiro. O Ceará, por sua vez, segue em posição intermediária, com 26 pontos, ainda ameaçado pela zona de rebaixamento. Veja a tabela aqui.
Primeiro tempo
O São Paulo dominou a etapa inicial desde os primeiros minutos. E criou três chances importantes em chutes de fora da área, com Gabriel Sara, Reinaldo e depois Juanfran. Aos 10, gol do Tricolor. Reinaldo cobrou escanteio na cabeça de Diego Costa, que, sem marcação, abriu o placar. O Ceará só arriscou alguma coisa aos 12, em chute de fora da área de Vina. Mas sem susto para Tiago Volpi. O São Paulo quase fez o segundo aos 21, quando Luan chutou de longe, a bola desviou em Luiz Otávio, em Richard fez grande defesa. Aos 33, após escanteio, Vina finalizou com perigo, e Volpi fez boa intervenção. O Ceará cresceu na partida e quase empatou aos 34, quando Lima recebeu em profundidade e parou em Volpi. O goleiro do São Paulo, na sequência, salvou chute cruzado de Samuel Xavier. O Tricolor, depois de alguns sustos, voltou a criar na reta final do primeiro tempo. Mas não conseguiu ampliar.
Segundo tempo
O Ceará, que tinha melhorado na reta final do primeiro tempo, conseguiu o gol de empata logo no primeiro minuto da etapa final. Pablo falhou na saída de bola e proporcionou ao Vozão a jogada que terminou com gol de Léo Chú. Com mais dificuldade do que no primeiro tempo, mas ainda perigoso, o São Paulo teve ótima chance com Luan, após passe de Daniel Alves, mas pegou mal demais na bola. Aos 12, o Tricolor chegou ao gol da virada, com Pablo. Mas depois de anulado pelo bandeira, dado pelo VAR, foi novamente revisado e também anulado pelo árbitro de vídeo por impedimento, mas depois de o jogo ter sido reiniciado, o que é proibido. Com maior volume de jogo, o Tricolor chegou novamente com perigo aos 28, em cabeçada de Luciano. Só dez minutos depois o São Paulo voltou a ameaçar. Após receber na grande área, Vitor Bueno chutou e viu Richard fazer ótima defesa. Depois disso, nenhuma das duas equipes tiveram força para conseguir o gol da vitória.
Central do Apito
Segundo o comentarista de arbitragem Salvio Spinola Fagundes Filhos, o São Paulo pode pedir a anulação do jogo por conta do erro da arbitragem, que voltou a utilizar o VAR depois de o jogo ter sido reiniciado e anulou o segundo gol do Tricolor. 

Por Resumão GE
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador