SEM VALIDADE: Justiça anula eleição do último domingo no Bota-PB e candidato da oposição desiste de concorrer

Foto: Divulgação
A tarde desta sexta-feira (23) foi de reviravoltas e mais movimentação dos bastidores das eleições do Botafogo-PB.
A Assembleia Geral realizada no dia 18 de outubro foi suspensa pelo juiz Ricardo da Silva Brito da 10ª Vara Cível de João Pessoa, acolhendo pedido da diretoria do Botafogo-PB. Após a decisão, o candidato a presidência do clube pela chapa “Belo de Verdade”, Alexandre Cavalcanti, anunciou que está desistindo da disputa.
O imbróglio acerca das eleições da Maravilha do Contorno ganhou dos dois novos acontecimentos na tarde desta sexta-feira. Primeiro a justiça acatou o entendimento da situação e considerou que a reunião do  domingo (18) infringiu o estatuto do clube, que determina a publicação de edital de convocação em até 15 dias antes do pleito.
A oposição discorda dessa necessidade, pois interpreta que a reunião do dia 18 é uma continuação da que ocorreu no dia 11 e acabou sendo cancelada por outra decisão judicial que solicitava a inclusão de nomes impugnados pela Comissão Eleitoral da chapa “Belo de Verdade”.
Também tem como argumento a decisão, registrada em ata do dia 11, de que uma nova rodada de votação seria realizada no dia 18 para garantir a inclusão ou não dos nomes. No entanto, essa ata do dia 11 é, em tese, fruto de ato nulo, pois a Assembleia Geral na oportunidade foi comandada pela própria comissão, o que também fere o estatuto.
Momentos após a decisão ser proferida, o candidato à presidência pela chapa “Belo de Verdade”, Alexandre Cavalcanti, anunciou que está desistindo de concorrer na disputa. O advogado e ex-vice-presidente jurídico do clube, ao ser questionado se sua decisão tinha a ver com a derrota na justiça, explicou os motivos do declínio.
Não apenas isso, mas as irregularidades que eles estão cometendo. O presidente da comissão eleitoral é candidato na outra chapa. Nunca vi tanta arbitrariedade. Qualquer coisa que aconteça domingo será anulada na justiça. Isso é uma palhaçada – disparou.
O presidente da Comissão Eleitoral e integrante da chapa “Belo Para Todos”, Flávio Wanderley, tem prometido que irá realizar no domingo (25) as novas eleições para o Conselho Deliberativo e, em sequência, os recém eleitos conselheiros irão decidir a nova diretoria executiva. O fato não encontra qualquer respaldo no estatuto do time da estrela vermelha.
A inscrição das chapas para a presidência, por exemplo, devem ser feitas até 72 horas antes da reunião do novo Conselho Deliberativo que escolhe a nova diretoria. No entanto, sequer existe um CD nesse momento.
O antigo presidente, Luciano Wanderley, diz já não mais responder pelo cargo, pois seu mandato já foi finalizado. E o novo CD, que poderia ter sido o eleito no dia 18, não existe mais devido a decisão judicial de hoje.

Equipe @Vozdatorcida
Share on Google Plus

Inicio Joao Filho

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador