Justiça nega direito de resposta ao Flamengo após críticas em emissora de TV

Rodolfo Landim defende retorno (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Rio - O Flamengo teve o seu pedido de direito de resposta à ESPN Brasil negado. A 14ª Vara Cível do Estado do Rio de Janeiro não concordou, em primeira instância, com aquilo que pleiteava o clube carioca sobre a ESPN Brasil e o comentarista Gian Oddi por críticas feitas no dia 16 de março do programa "Linha de Passe".
Gian afirmou que a diretoria do Flamengo era "desumana" ao tentar continuar com o Campeonato Estadual em meio à pandemia do novo coronavírus. Porém, o clube carioca conseguiu uma liminar para que a emissora seja obrigada a entregar uma cópia na íntegra do dia em questão do programa de debates para continuidade do processo.
O Flamengo já entrou com recurso em segunda instância para conseguir o seu objetivo. Caso a ESPN não entregue a cópia requerida pela Justiça, terá de pagar multa de R$ 30 mil. A alegação do Rubro-negro era baseada na "falta de verdade" das críticas de Gian Oddi no "Linha de Passe", na edição em questão.

Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador