COVID-19: Prefeito de Bérgamo diz que duelo da Liga dos Campeões entre Atalanta e Valencia "foi uma bomba biológica"

Atalanta enfrentou o Valencia no San Siro lotado em fevereiro — Foto: Getty Images
A goleada da Atalanta diante do Valencia, que abriu caminho para uma classificação histórica da equipe italiana, contribuiu para que Bérgamo se tornasse uma das cidades mais afetadas pelo coronavírus em todo o mundo. É o que apontou o prefeito da cidade, Giorgio Gori, em uma transmissão nas redes sociais na última terça-feira.
Jogo da Liga dos Campeões pode ter contribuído na proliferação do coronavírus na Itália, diz jornal
Segundo a autoridade, os cerca de 40 mil fãs que viajaram para Milão para acompanhar a partida em San Siro podem ter se contaminado de forma coletiva.
- O jogo foi uma bomba biológica. Naquela época, não sabíamos o que estava acontecendo. O primeiro paciente na Itália surgiu em 23 de fevereiro. Se o vírus já estava em circulação, os 40 mil torcedores que foram ao San Siro foram infectados. Ninguém sabia que o vírus estava circulando entre nós - disse Giorgio, citado pelo "TuttoSport".
Além da presença dos torcedores lado a lado no estádio em Milão, as aglomerações causadas pela noite histórica também podem ter contribuído para que o vírus se espalhasse, segundo o prefeito.
- Muitos assistiram ao jogo em grupos e houve muito contato naquela noite. O vírus foi transmitido de um para o outro.
Na semana passada, o Valencia anunciou que um terço do grupo formado por jogadores e comissão técnica testou positivo para o coronavírus. O time espanhol foi derrotado por 4 a 1 na partida de ida e, na volta, perdeu por 4 a 3, em jogo com portões fechados justamente por conta do coronavírus.
O duelo no San Siro ocorreu em 19 de fevereiro, na mesma semana em que o primeiro caso de coronavírus foi registrado na região. De lá para cá, Bérgamo se tornou uma das cidades mais afetadas da Itália - que se tornou o grande foco da pandemia do COVID-19 em todo o mundo neste momento.

Gráfico do jornal "La Repubblica" mostrando o avanço do coronavírus na Itália após Atalanta x Valencia — Foto: Reprodução / La Repubblica
As autoridades italianas não divulgam números exatos por cidade, apenas por região. E a Lombardia, onde está Bérgamo, registra mais de 500 mortes, sendo a área afetada de forma mais dura pelo vírus, a ponto de as funerárias não conseguirem dar conta dos funerais.

Por GloboEsporte.com 
Bérgamo, Itália
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador