Federação Paraibana de Futebol defende "congelar" calendário para não prejudicar estaduais

Perilima e São Paulo Crystal têm mais dois jogos pela frente no Campeonato Paraibano e poderiam adiantar essas rodadas para liberar seus elencos — Foto: Ramon Smith / Perilima
A presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Michelle Ramalho, defendeu o "congelamento do calendário" como medida preventiva para se combater o novo coronavírus. Além disso, a dirigente defende a suspensão de todos os campeonatos no país até que a situação esteja sob controle. No domingo, a CBF já determinou a suspensão das competições nacionais.
No entanto, a dirigente faz uma ressalva: em alguns estados onde a situação ainda não é alarmante, o mais correto seria acelerar os campeonatos para "liberar" alguns clubes. Por exemplo, realizar jogos a cada dois ou três dias, numa permissão especial para que isso aconteça.
Assim, o Campeonato Paraibano poderia ter jogos com portões fechados e encerrar a primeira fase em até uma semana. Depois disso, restariam apenas as semifinais e finais. Seis clubes poderiam encerrar a temporada e liberar definitivamente os elencos.
- Terminaríamos essa primeira fase, depois suspenderíamos o campeonato para fazer as finais com a presença da torcida. O tempo que ficar parado, seria revisto num novo calendário.
Vale lembrar que até esta segunda-feira, a Paraíba não teve nenhum caso confirmado do novo coronavírus.

Por Expedito Madruga 
Globoesporte.com
João Pessoa
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador