Técnico Jürgen Klinsmann foi fundamental para o Hertha Berlin contratar o paraibano Matheus Cunha; entenda

Atacante está em grande fase na seleção olímpica — Foto: Lucas Figueiredo/CBF
O atacante Matheus Cunha vai se apresentar oficialmente ao Hertha Berlin após a participação no Torneio Pré-Olímpico, na Colômbia, com a seleção brasileira sub-23. A negociação com o clube alemão se arrastou até o último dia da janela de transferências, teve um desfecho positivo, mas antes da assinatura algumas situações nos bastidores favoreceram para a conclusão da transação. É o caso do pedido do técnico Jürgen Klinsmann, que esteve à frente das seleções alemã e americana e do Bayern de Munique. O GloboEsporte.com apurou.
O contrato de Matheus Cunha vai ter duração de quatro anos e meio. Ou seja, o vínculo segue até junho de 2025. O valor da negociação gira em torno de 20 milhões de euros, aproximadamente 94 milhões de reais na cotação atual.
Jürgen Klinsmann ligou para Matheus Cunha e eles dialogaram por alguns minutos. O técnico do Hertha Berlin demonstrou o desejo de contar com o centroavante no elenco.
O estilo de jogo de Cunha agrada bastante Jürgen Klinsmann, que já atuou na posição e foi considerado um dos principais atacantes do mundo. O paraibano tem tudo para receber novas dicas e continuar evoluindo. Esse fator empolga bastante.
A chance de ter mais minutos em campo também motivou Cunha para buscar o novo desafio na carreira. No RB Leipzig, ele não atuou tanto no segundo semestre de 2019, tendo disputado 13 jogos, sendo apenas dois como titular. No geral, ficou 359 minutos em campo. O atacante chegou na temporada 2018/19 e fez ao todo 52 partidas e marcou nove gols.
Artilheiro da seleção brasileira sub-23 neste ciclo olímpico, com 11 gols em 14 jogos, Matheus Cunha vive grande fase vestindo a camisa amarelinha. É titular absoluto no torneio, na Colômbia, que dá a vaga para os Jogos de Tóquio.
Após o fim da competição com a seleção olímpica, a história de Matheus Cunha começa no Hertha Berlin, onde um conterrerâneo seu virou ídolo: Marcelinho Paraíba. O experiente meia de 44 anos atuou no clube, entre 2001 e 2006, onde fez quase 200 jogos e marcou 79 gols.

Por Lucas Barros 
Globo Esporte
João Pessoa

Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador