Treze perde pênalti e empata sem gols com Náutico no Amigão

Náutico e Treze-PB irão se reencontrar no próximo domingo, nos Aflitos, às 16h (Foto: Léo Lemos/CNC)
Testando os times para o início das disputas de 2020, Treze-PB e Náutico se enfrentaram no Estádio Ernani Sátiro, no primeiro dos dois amistosos entre as equipes. Com muitas mudanças, uma vez que os clubes acertaram que não haveria limite de substituições, a partida não reservou grandes emoções em campo. Apesar de muita entrega, ambas as equipes não conseguiram tirar o zero do placar, mesmo com o Galo da Borborema tendo pênalti a favor aos 45 do segundo tempo, que foi defendido por Jefferson.
O resultado foi o segundo empate do Náutico na pré-temporada, pois o Alvirrubro empatou em 1 a 1 contra o ABC, no último dia 22. A segunda partida entre os clubes ocorrerá no domingo, às 16h, no estádio dos Aflitos e será a última prova antes da estreia do Timbu, diante do Sport, no dia 19 de janeiro, pela 1ª rodada do Estadual.
O jogo
No começo da partida, os donos da casa tomaram a iniciativa e, dessa forma, o Treze-PB foi quem criou as principais chances nos primeiros minutos de jogo. Chegando a empurrar a bola para as redes do Náutico aos 10 minutos, em lance que acabou impugnado pelo árbitro. Após o ímpeto inicial, o time pernambucano ajustou a marcação e passou a encontrar o melhor posicionamento de seu meio-campo, equilibrando as ações com o Galo da Borborema.
A primeira boa chance do Náutico aconteceu em chute forte de Matheus Carvalho, que foi defendida pelo goleiro paraibano aos 23, porém, logo o Treze-PB retomou o domínio da partida, uma vez que o Timbu não conseguiu seguir incomodando a defesa alvinegra, tanto, que nos últimos 15 minutos, o Galo teve duas boas chances com Alexandre e Mirandinha.
Segundo tempo
A tônica do segundo tempo foi a queda de ritmo. Com muitas mudanças, ambas as equipes demonstraram dificuldade de chegar ao campo de ataque. As melhores oportunidades foram do Náutico, aos 13, em lance que o Timbu teve gol impugnado por impedimento. Dez minutos depois, Jorge Henrique, que foi acionado na vaga de Jean Carlos, arriscou chute de longe para a defesa do goleiro paraibano. 
O técnico Gilmar dal Pozzo aproveitou para testar variações táticas utilizando o atacante Salatiel pela ponta esquerda, invertendo com Álvaro, que foi posteriormente substituído por Guillermo Paiva. A partir disso, o Timbu passou a atuar com dois meias (Jorge Henrique e Matheus Carvalho) e dois atacantes (Salatiel e Paiva).
A grande chance de gol aconteceu aos 45 do 2ª tempo. Após jogada de Mirandinha, o zagueiro Fernando Lombardi errou o tempo de bola e acabou acertando o jogador do Treze-PB com um carrinho na área. Pênalti marcado, que foi batido por Robson e defendido por Jefferson. Foi o suficiente para o árbitro encerrar a partida com o empate sem gols.
Ficha do jogo
Treze

Jeferson; Gustavo (Edson), Nilson Jr. (Rafael Araújo), Eduardo, Breno Calixto e Gilmar (Thalles); Robson, Patrick (Dedé) e Carlos Alexandre (Jânio); Caxito (Nonato) e Mirandinha. Técnico: Celso Teixeira.
Náutico
Jefferson; Bryan (Bahia), Rafael Ribeiro, Fernando Lombardi e Willian Simões; Luanderson (Wagninho), Rhaldney e Jean Carlos (Jorge Henrique); Matheus Carvalho (Erick Daltro), Álvaro (Guillermo Paiva) e Salatiel Júnior (Jefferson Nem). Técnico: Gilmar Dal Pozzo.
Local: Estádio Ernani Sátiro, em Campina Grande
Árbitro: Tiago Ramos de Oliveira
Assistentes: Pacelli Thiago de Vasconcelos (PE) e Marcelo Paulino de Oliveira (PE)
Cartões amarelos: Rafael Araújo (Treze-PB)

Super Esportes
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador