Coluna de Eduardo Araújo: Jogo Sujo

A torcida chega cedo ao estádio para cantar e apoiar seu clube do coração, desde o aquecimento, vibrando com a entrada em campo dos jogadores, vestidos com o manto sagrado, mas vão do céu ao inferno com um jogo estranho, parecendo de cartas marcadas, acabando com uma derrota de goleada, dentro de casa, contra um adversário que parecia, pelo menos no papel, fadado a não trazer maiores dificuldades.
O que será que aconteceu? Essa pergunta tilinta incessantemente na cabeça da cada um dos torcedores que parecem incrédulos com a situação presenciada.
Infortunadamente, essa é a realidade de diversos campeonatos pelo mundo afora, em decorrência da máfia das apostas, um jogo tão sujo que tem tirado torcedores dos estádios, encerrado antecipadamente a carreira de atletas e integrantes de comissão técnica, transformando-se em caso de polícia noticiado diuturnamente em nossos jornais e na televisão.
A atividade ilícita parece ter origem na Ásia e grande influência também do Leste Europeu, com grupos criminosos manipulando o resultado dos jogos através de aliciadores que cooptam de funcionários dos clubes a dirigentes, passando por atletas, juízes e treinadores, com o fito de adequar o placar e demais lances aos seus próprios interesses, movimentando cifras bilionárias ao redor do mundo, por meio de sites de apostas.
Apesar da aposta em jogos não ser permitida em diversas regiões do mundo, como no Brasil, várias empresas se utilizam de sedes em países que consentem, relacionando dentre os jogos com possibilidade de apostas, partidas de todos os cantos, inclusive em terras brasileiras.
Usualmente, as competições com salários baixos e atrasados, pouca atenção e regulamentação e/ou fiscalização frouxa, são utilizadas para a realização dessas atividades fraudulentas. De maneira impressionante e demonstrando a inexistência de medo na descoberta desses ardis, até o campeonato brasileiro da Série A passou por tais circunstâncias, com a descoberta da compra de árbitros para influenciar no resultado das partidas.
Impende destacar que as fraudes não ocorrem apenas em partidas de futebol, mas diversos outros esportes, podendo ser desde o resultado do jogo, como também número de gols/pontos, quem os marcará, entre outras formas de obter ganho indevido a partir da manipulação.
Um dos casos mais famosos foi a Operação Game Over. Nela a polícia prendeu diversas pessoas suspeitas de participar da máfia das apostas. Segundo a investigação, a chefia da quadrilha é de asiáticos, os quais, através de intermediários, manipularam o resultado de partidas da Série A2 e A3 do Paulista, além de diversos torneios do norte e nordeste.
Não adianta apenas a melhoria da regulamentação em nosso país para reduzir a influência desses grupos criminosos, a colaboração de todos se faz necessária, desde a imprensa até os dirigentes, com uma fiscalização atenta e a formação adequada de atletas e demais profissionais.

Eduardo Araújo
Advogado
eduardomarceloaraujo@hotmail.com
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador