Veja como o investimento de uma família paraibana levou garoto de 13 anos à base do São Paulo

Luís Eduardo vai defender o time sub-14 do São Paulo — Foto: Lucas Barros/TV Cabo Branco
"O sonho é meu". Foi com esse pensamento que Luís Eduardo conseguiu convencer seus pais a comprarem sua ideia de se tornar goleiro profissional. Durante cinco meses, os parentes do menino de João Pessoa investiram cerca de R$ 20 mil com um preparador da posição, atualmente trabalhando no Paysandu, com o objetivo de ver a meta alcançada.
Luís Eduardo chegou para trabalhar com Austrália Morais praticamente "do zero". O preparador de goleiros foi o responsável por lapidar o talento. Deu certo. O paraibano acabou aprovado para fazer parte do elenco do time sub-14 do São Paulo. A apresentação ao clube será neste sábado, no CT em Cotia.
- Austrália foi uma pessoa muito boa para mim. Ele me ajudou em tudo. Melhorei em tudo quando treinei com ele. Ajeitou muito os meus movimentos - comentou.
Garoto fez treinamentos com o preparador de goleiros Austrália Morais — Foto: Arquivo Pessoal
O menino começou aos 10 anos no futsal do Clube Cabo Branco, na capital paraibana. Em 2016, disputou a Go Cup, maior torneio de futebol infantil do país, e foi visto por um olheiro do São Paulo. Um ano e meio depois, na Taça Brasil Sub-11 de Futsal, acabou sendo analisado pelo mesmo observador.
Ainda em 2017, o goleiro chegou a vestir a camisa do Sport. Terminou como o menos vazado do Campeonato Pernambucano Sub-12. Mas depois conseguiu ser aprovado para representar o São Paulo.
    - Vai ser uma experiência muito boa. Vou treinar de manhã e estudar à tarde. Espero que dê tudo certo no São Paulo - disse.
Paraibano tem várias medalhas e troféus desde o início no futsal aos 10 anos — Foto: Lucas Barros/TV Cabo Branco
A família, que ajudou neste processo - principalmente em termos financeiros -, comemora o desempenho de Luís Eduardo. Mesmo ele ficando longe de casa pela primeira vez.
- É um grande orgulho para a família, porque a gente viu que ele atingiu um nível que muitos atletas sonham e não conseguem chegar muito rápido. O empenho, a dedicação, a gente sabe que foi mérito dele. Muita bênção. Todos nós estamos muito felizes - afirmou a tia Érika Barreto.
Família de Luís Eduardo - representada pela tia - se surpreendeu com desempenho dele — Foto: Lucas Barros/TV Cabo Branco
O preparador de goleiros, que tem passagem pelo Botafogo-PB e atualmente está no Paysandu, também está cheio de orgulho do pupilo. E de Belém, no Pará, mandou uma mensagem.
- Muito feliz. Fica passando um filme na minha cabeça. Ainda lembro quando você chegou até mim dizendo que queria treinar comigo para virar um goleiro profissional. A primeira coisa que te perguntei era se esse sonho era seu ou da sua família. E você falou: "Não. O sonho é meu". Durante esses cinco meses que nós trabalhamos, eu realmente pude ver que o sonho era seu. Parabéns. Que Deus te abençoe e te ilumine mais e mais - comentou Austrália Morais.
Cheio de confiança, Luís Eduardo quer fazer um caminho de sucesso inspirado no camisa 1 da seleção brasileira: Alisson. O menino considera que tem o estilo parecido.
- Alisson sai jogando bem e ele também tem um reflexo bom de perto. Ele pega muito. Quero ser igual a ele - concluiu.

Por Lucas Barros
Globoesporte.com
João Pessoa
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador