Aos 75 anos, técnico assume comando de lanterna do Acreano: “Me considero um cara novíssimo”

Marcelo Altino estreia no comando do São Francisco nesta quinta-feira, contra o Humaitá, ex-clube do treinador(Foto: Duaine Rodrigues)
O São Francisco terá estreia no comando técnico nesta quinta-feira (28), contra o Humaitá, no jogo que fecha a quarta rodada do primeiro turno do Campeonato Acreano. O treinador Marcelo Altino, que assumiu o elenco no início da semana passada, terá a primeira oportunidade de acompanhar o time em uma partida oficial, após pouco mais de uma semana de treinos, logo contra o seu ex-clube. O Tourão de Porto Acre foi a última equipe que o técnico trabalho, em 2017.
Marcelo Altino pega o São Francisco na lanterna do estadual, com três derrotas em três jogos, a defesa mais vazada do campeonato e o pior ataque. Ele revela que o desânimo estava visível nos atletas, mas que notou no elenco capacidade de conquistar melhores resultados nos próximos jogos.
– Para mim isso não é novidade. Já estou lapidado, acostumado a esse tipo de situações no futebol. Estou no futebol há muitos anos, sempre enfrentei esses desafios e a gente pegou um grupo jovem. Quando cheguei os encontrei cabisbaixos, todo mundo triste, e com o decorrer dos trabalhos foram ganhando ânimo, entusiasmo. A gente vai enfrentar um adversário, que tem jogadores de boa qualidade, mas esperamos sair com a vitória porque precisamos – afirma.
Nesta terça-feira, os jogadores do São Chico fizeram apenas uma atividade leve no campo da equipe, na capital do Acre, poupando o gramado, que estava bastante encharcado por causa das chuvas. Marcelo Altino ainda não definiu os titulares. Segundo ele, duas formações foram trabalhadas e uma conversa com os atletas vai determinar qual será usada inicialmente.
Nascido em 6 de julho de 1943, o treinador tem 75 anos, mais de 30 deles dedicados à função, e é o mais experiente do Brasil em atividade no cargo. Em 1997 conquistou o principal título da carreira: a Copa Norte pelo Rio Branco-AC. Questionado se ainda se considera apto a comandar equipes profissionais no cenário atual do futebol, que vive uma constante evolução, Marcelo Altino não exita e garante que a idade não deve ser quesito para se avaliar se uma pessoa é útil ou não.
– Sou um homem abençoado por Deus porque tenho uma saúde maravilhosa, um vigor físico em forma, feliz com a vida que levo, não tenho problemas, sou uma pessoa bem resolvida. No Brasil existe esse preconceito. O cara tem 55 anos é já está velho. Velho acho uma palavra muito ofensiva porque velho é o que não tem utilidade nenhuma. Givanildo está com 80 anos (na verdade tem 70), todo clube quer. O treinador não joga. O treinador tem uma concepção de sabedoria, estratégia na cabeça dele. Então, o que funciona é o cérebro, a visão de jogo, conhecimento tático, a estratégia de jogo. Então, me considero um cara novíssimo – finaliza.
Em busca da primeira vitória no Campeonato Acreano, o São Francisco enfrenta o Humaitá nesta quinta-feira, a partir das 18h (do Acre), na Arena da Floresta, em Rio Branco, capital do Acre.

Por Duaine Rodrigues 
Globoesporte.com/Rio Branco, AC
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador