Enercino festeja título declarando amor pela camisa do Esporte de Patos: "Aqui eu me sinto em casa"

A bola parou de rolar nesse domingo para a 2ª divisão do Campeonato Paraibano. A taça ficou com o Esporte de Patos, agora tetracampeão da divisão de acesso do futebol da Paraíba. E um jogador em especial que personifica bem essa conquista do Patinho é o meia Enercino, que é um dos principais nomes do elenco treinado por Marcos Nascimento, também tetracampeão da competição. Após a sacramentação do título, no Estádio Presidente Vargas, em Campina Grande, contra a Perilima, o camisa 10 alvirrubro festejou muito e se derramou em amores pelo clube.
Capitão do Esporte de Patos, Enercino não foi apenas um líder dentro de campo. Um dos jogadores mais respeitados pelo grupo, ele também colocou a serviço do clube toda a sua experiência e foi o ponto de equilíbrio da equipe ao longo de toda a 2ª divisão, na qual o Patinho conseguiu o acesso de forma invicta e só foi derrotado na última partida, nesse domingo - nada que evitasse o título em vermelho e branco.
E, campeão, Enercino ainda festejava em campo, no PV, quando foi abordado pelos jornalistas para falar sobre a conquista. Entre as várias palavras que conseguiu proferir naquele momento de emoção, algumas delas ele usou para declarar seu amor ao Esporte de Patos:
- Quando visto essa camisa, eu me sinto em casa - resumiu Enercino.
Ele também analisou a campanha do Patinho, que venceu sete vezes, empatou duas e perdeu apenas uma, marcou 32 gols e sofreu 12. Para o capitão alvirrubro, nem a perda da invencibilidade na última partida manchou a conquista do clube, que está de volta à elite do futebol paraibano.
- Fomos muito felizes nos outros jogos. Claro que queríamos ser campeões invictos, mas perdemos na hora certa. Agora é curtir um pouco a família.
Enercino também comentou a sua atuação na partida final contra a Perilima, que acabou com a vitória do time de Campina Grande, por 2 a 1. Como o Esporte de Patos havia vencido o jogo de ida por 4 a 2, no José Cavalcanti, a estratégia para a volta era a de jogar mesmo com o regulamento debaixo do braço. Podendo perder por até um gol de diferença para, ainda assim, conquistar o título, a marcação foi uma das principais orientações do técnico Marcos Nascimento. E Enercino, tão dedicado à criação das jogadas ofensivas, mas também tão obediente taticamente, fez o que foi pedido. E resumiu isso:
- Eu não vim para jogar, eu vim para marcar.
Agora Enercino e o Esporte de Patos entram de férias. Daqui a pouco, o clube vai precisar voltar à ativa para a disputa da 1ª divisão do Campeonato Paraibano de 2019. Ainda não há confirmação oficial sobre a permanência do meia no Patinho. Isso deve ser resolvido nos próximos dias. Por enquanto, jogador e clube só querem mesmo é comemorar, ainda, o título da 2ª divisão e descansar, já de olho na próxima temporada.

Globo Esporte PB
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador