Paraibano ídolo do Werder Bremen, ex-atacante consola esposa mexicana após eliminação

Esposa de Aílton faz a selfie durante o jogo Brasil x México (Foto: Arquivo Pessoal)
O coração de Aílton ficou um pouco dividido nas oitavas de final da Copa da Rússia. Casado com uma mexicana, o ex-jogador teve que separar sua casa pelo "muro de Berlim". Ídolo do Werder Bremen, da Alemanha, time pelo qual conquistou todos os títulos possíveis na temporada 2003/04 (campeonato nacional, Copa da Alemanha, e ainda foi artilheiro e eleito o melhor jogador), o ex-atacante foi quem comemorou a classificação do Brasil para a próxima fase.
Atualmente, Aílton mora em Dallas, nos Estados Unidos. Na sala de casa, o paraibano se reuniu para assistir ao jogo entre Brasil e México na companhia da esposa, dos quatro filhos e também de amigos.
- Meus filhos torcem pelo Brasil. Só restou Roseli torcendo para o México. Imagina todos os filhos e o marido de um lado e a mãe torcendo do outro? Foi divertido. Mas a minha esposa também gosta muito do Brasil e agora vai torcer pela nossa seleção - disse Aílton.
Aílton com dois dos quatro filhos: Aílton Júnior e Alexsandra Gonçalves (Foto: Arquivo Pessoal)
A vitória por 2 a 0, com gols de Neymar e Roberto Firmino, já era esperada por Aílton. Na opinião dele, o futebol do Brasil era bem superior ao mexicano.
- Eu sabia que o Brasil tinha mais condições em termos de futebol, tem muito mais bola do que o México. O México tem uma boa seleção, mas contra o Brasil sempre joga nervoso. Eles jogaram bem nos primeiros 15 minutos e depois deu uma cansada, diminuiu o ritmo. Foi onde o Brasil aproveitou. Minha esposa não gostou de início. Ela ficou triste. Depois de consolada, ficou alegre. Sair para o Brasil é melhor do que para outra seleção - avaliou.
Ex-atacante se despediu dos gramados em 2014 (Foto: Reprodução/Facebook)
Na próxima fase, as quartas de final, o time canarinho enfrenta a Bélgica, sexta-feira, às 15h (horário de Brasília). Com a experiência de quem teve quase 20 anos de carreira, ele preferiu ser cauteloso.
- Vai ser um jogaço. A Bélgica tem muita qualidade. O futebol nessa Copa do Mundo está cheio de surpresa e nós não podemos prever nada - finalizou.
Paraibano conquistou todos os títulos possíveis pelo Werder Bremen na temporada 2003/04 (Foto: Gettyimages)
Globo Esporte PB
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador