Copa da Rússia 2018: Conhecimento tático, Cleibson Ferreira exportando experiência

Em ritmo de Copa do Mundo, entre surpresas e jogos de muita marcação, temos o prazer de conversar hoje com o treinador Cleibson Ferreira.
Como é de conhecimento de todos toda a semana temos o prazer de conversar com alguns profissionais do futebol para expressar a sua opinião sobre o atual momento da Copa da Rússia 2018.
Professor o senhor sempre vem desempenhando bons trabalhos em diversas equipes da região nordeste, neste inicio de copa tens tido algum exemplo que seja levado para os teus futuros trabalhos?
É sempre importante estarmos atualizados e no momento a copa é o que temos de mais atualizado para acompanharmos.
O que mais de modernos e atualizado o senhor tem percebido neste mundial, ou não tens visto muita novidades?
Não tenho visto nada muito diferente do que foi visto na Eurocopa, Liga dos Campeões, Mundial de clubes, o futebol cada vez mais se fortalecendo em seus sistemas defensivos e deixando um pouco de lado uma preocupação maior do controle da posse de bola, priorizando mais a ocupação dos espaços e saídas rápidas em suas transições ofensivas e defensivas. Nesta copa as grandes sensações tem sido as equipes que tem suportado bem o poderio ofensivo das seleções chamadas gigantes, com um sistema defensivo bem montado e aproveitando melhor as suas oportunidades de gols.
Quais seleções lhe chamou mais atenção taticamente?
O Irã, Islândia foi um grande exemplo taticamente defensivo e Inglaterra, Belgico, Croácia e a própria Russia no sistema ofensivo. Mas, jamais podemos deixar de lado seleções como Alemanha que mesmo não fazendo grandes jogos, sempre mostrou uma obediência tática interessante.
Na sua opinião o Brasil é favorita ao título?
O Brasil sempre será colocado como um dos favoritos a qualquer competição que vai disputar, porém acompanho copa do mundo a partir de 82, e não me lembro de alguma seleção com atletas com pouca experiencia em mundial conquistar essa importante competição, e o Brasil este ano tem uma equipe muito interessante, mas com poucos atletas que são acostumado a jogar a copa. Soube que o amigo tem sido convidado a participar de alguns programas esportivos para comentar sobre alguns jogos, e recentemente o senhor comentou alguns jogos da Argentina para um programa Argentino.
O que representa um Brasileiro comentar sobre a Argentina em um programa argentino?
Realmente foi algo interessante, uma honra e privilégio, até mesmo por uma rivalidade que é criadas historicamente entre essas duas nações, mas quando se faz com imparcialidade e contra a imagem não há argumento, pudemos assim expressar o meu conhecimento tático para um país que também são potência mundial e apaixonados por este esporte.
Professor, esta copa será a copa do resultado e não do futebol bem jogado?
Para eu responder isso, eu teria que saber de você o que representa na sua opinião o que é futebol bem jogado.
Se para você o que vale é o resultado, eu diria que a melhor seleção seria a Russia, que nos dois primeiros jogos foram goleadas, 5X0, e 3X1, porém taticamente outras equipes foram bem melhores taticamente. Na minha opinião esta copa será a copa da obediência tática.

Pra encerrarmos este bate papo, para o senhor, qual seleção é a favorita ao título?
As de sempre Alemanha, Brasil, Inglaterra, mas existe outras seleções que vem fazendo uma grande competição, Exemplo de Croácia, Bélgica, México. Vamos ver o que estas seleções irão fazer no decorrer da copa e torcer .
Espero que os amigos tenham gostado de mais uma entrevista que trouxemos, desta vez com o treinador Cleibson Ferreira, em breve mais novidades e opiniões importantes.

Fonte: Sport News
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador