Assuense Gabriel Veron marca na final, conquista a artilharia e título Mundial Sub 17 com o Palmeiras

O mundo é do Palmeiras! A equipe Sub-17 do Verdão fez história e conquistou o título inédito do Mundial de Clubes da categoria, em Madrid, na Espanha, com direito a goleada sobre o Real Madrid na final, por 4 a 2, nesta quarta-feira (6). Os gols foram marcados por Gabriel Silva, Gabriel Veron, Fabrício e Luan Cândido. Invicto, o time teve como principal destaque individual o atacante Veron, que foi eleito o melhor jogador do torneio e terminou como artilheiro, com nove gols. O Alviverde apresentou o melhor futebol, encantou as equipes rivais e venceu a competição de forma incontestável. A campanha teve cinco vitórias e um empate, com 29 gols marcados (melhor ataque) e somente sete sofridos. Além de Palmeiras e Real Madrid, participaram do torneio Atlético de Madrid, Barcelona e Leganés, da Espanha; Tokushima Vortis, Club Ford e JEF United, do Japão; Olympique de Marseille, da França; Santos, do Brasil; Steaua Bucaresti, da Romênia; e Altinordu FK, da Turquia.
O Palmeiras fez um grande jogo e dominou completamente o time espanhol – o primeiro tempo foi um atropelo verde para cima do Real: 3 a 0. Gabriel Silva abriu o placar aos 14 minutos, completando uma linda jogada de Gabriel Veron invadindo a área pela esquerda. Aos 19, Gabriel Veron anotou mais um aproveitando cruzamento por trás da zaga merengue, e Fabrício marcou o terceiro com uma bomba dentro da área, após passar pela marcação. Um gol logo no início do segundo tempo deu ânimo ao Real Madrid, que tinha apoio da torcida, mas o Verdão tentou responder com mais uma grande jogada de Veron pela ala esquerda. Desta vez, o goleiro espanhol agarrou. Aos 20 minutos, Luan aproveitou bobeira da defesa do Real Madrid, dividiu de carrinho com o goleiro e fez 4 a 1. O clube merengue ainda descontou nos minutos finais, mas parou por aí. O quarto gol definiu de vez a vitória e colocou o mundo nas mãos dos garotos do Palmeiras. O Verdão encarou dois confrontos difíceis nos mata-matas até a decisão. Na semi, bateu o Altinordu, da Turquia, por 2 a 0, e nas quartas passou pelo Olympique de Marseille, da França, com goleada por 3 a 0. Na primeira fase, os garotos do Palmeiras atropelaram os japoneses do Tokushima Vortis, por 10 a 1, empataram em 2 a 2 com o Atlético de Madrid, com um jogador a menos desde o primeiro tempo, e venceram o Steaua Bucaresti, da Romênia, por 8 a 2. Foi a segunda final disputada entre Palmeiras e Real Madrid na história do Mundial de Clubes Sub-17 – desta vez, com final feliz. Em 2016, o Verdão chegou à decisão logo em sua estreia no torneio e foi vice-campeão depois de empatar em 2 a 2 com os espanhóis e ser superado nos pênaltis. No ano passado, o Alviverde parou nas semifinais diante do Benfica.
Conteúdo divulgado por Daniel Romeu do Departamento de Comunicação do Palmeiras

Assú Todo Dia
Fotos: ESPN Brasil
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador