Torcedor do Atlético de Cajazeiras é acusado de arremessar garrafa de cachaça Pitu em culto evangélico em Patos

Postagem da mãe da criança na rede social Facebook
Na tarde de ontem (domingo, 04/02) o Nacional de Patos venceu o Atlético de Cajazeiras por 1 a 0 no Estádio Municipal José Cavalcanti.
Muitos foram os cajazeirenses que vieram a Patos torcer pelo Atlético, mas terminada a partida um fato lamentável está sendo atribuído a um torcedor do clube cajazeirense: um ônibus lotado de torcedores do Atlético passou na Rua Hildo Menezes, rua do Hospital Infantil, e um dos torcedores arremessou uma garrafa de cachaça Pitu vazia para dentro de uma igreja evangélica no momento em que o culto estava sendo celebrado.
A garrafa passou raspando na cabeça de um adolescente de 13 anos chamado Luan.  O adolescente, segundo a vendedora Luciana Pereira, mãe dele, está com um dos lados da cabeça avermelhada, porque a garrafa tocou nele de raspão. “Se tivesse pego de cheio na cabeça dele teria matado”, disse.
A garrafa acertou e quebrou o encosto de uma cadeira de plástico mais à frente, que estava ocupada por uma senhora, que felizmente também não se feriu.
A polícia foi acionada e estava tentando alcançar o ônibus para investigar quem arremessou a garrafa de cachaça dentro da igreja. Até o fechamento desta matéria não tivemos mais informações. “Fica minha indignação por parte dessa atitude de vandalismo. Graças a misericórdia do Senhor meu filho e essa senhora estão bem”, disse a mãe do adolescente Luan.

Folha Patoense – folhapatoense@gmail.com
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador