Treinador destaque em estaduais do Nordeste Cleibson Ferreira Abre o Jogo, "De Mourinho a Luxemburgo tudo é Estrutura e Qualificação"

Depois de quatro semifinais consecutivas em estados diferentes, e um primeiro semestre muito bom em 2017, conseguindo leva o  desacreditado MAC do MA para as semifinais do primeiro turno do Campeonato Maranhense e também levar o surpreendente Atlético de Cajazeiras as semifinais do Campeonato Paraibano.
O treinador pernambucano que já fui chamado de "Luxemburgo do Nordeste" é tido como uma grande revelação do futebol nordestino juntamente com o Dado Cavalcante.
Treinador que foi cotado recentemente para o Campinense da Paraíba, Moto Clube do Maranhão e agora é um dos fortes candidatos assumirem o Treze para a nova pré Copa nordeste.
Um treinador da nova geração, com experiência em diversos clubes brasileiros, que vem marcado terreno no cenário do futebol nordestino.
Hoje a nossa conversa será com este profissional  que vem se destacando dentro e fora dos gramados.
Professor Cleibson Ferreira muito obrigado por nos atender e disponibilizar um tempo em nos conceder este bate papo.
Conversando com alguns amigos profissionais que militam no futebol nordestino, falando sobre o senhor pude perceber a admiração e respeito por seu trabalho, o que se deve esta admiração?
R- acho que se deve ao respeito que procuro ter a todos.
O senhor começou a carreira na divisão de base do Clube Náutico Capibaribe, o senhor acha ter sido importante trabalhar na base de um clube grande do nordeste neste inicio?
R- Na verdade o inicio da minha carreira de treinador foi no futebol boliviano e antes mesmo do náutico trabalhei em outros clubes de Pernambuco, por exemplo, o Vera Cruz-PE onde tive o prazer de comandar a minha primeira equipe em uma competição nacional (Brasileiro da Série C), entre outros clube também trabalhei como auxiliar do Maurício Simões (in memória) no Santa Cruz-PE durante o brasileiro da série A, aprendizados que carrego até hoje comigo, pois foi uma grande honra e oportunidade de muito aprender com este grande treinador.
Mas falando do Náutico foram anos maravilhosos na minha vida, foram muitas conquistas e aprendizados, neste período muito aprendi tanto como auxiliar e como treinador, tive a oportunidade de ver de perto grandes profissionais em ação, exemplos de Geninho, PC Gusmão e outros.
Professor, Pernambuco existe poucos treinadores com grande projeção nacional, hoje o experiente Givanildo Oliveira mantém-se no topo desta restrita lista, a pouco tempo o Roberto Fernandes esteve em clubes como Atlético Paranaense  porém com pouco tempo de trabalho saiu, e por ultimo o Dado Cavalcante, este com passagens em clubes como o Paraná, Coritiba também com pouco tempo de trabalho.
O que o senhor acha sobre este assunto e o senhor ser visto em vários estados brasileiros como um nome promissor a ser protagonista no cenário nacional?
R- Rapaz..., primeiro Givanildo(Oliveira) é um grande treinador e vem fazendo grandes trabalhos por onde passa, não é todo mundo que ganha um campeonato Mineiro com uma equipe fora os poderosos Atlético Mineiro e Cruzeiro, pois esta façanha o professor conseguiu (América MG), O Roberto Fernandes também sempre vem fazendo competições de destaques e da mesma forma o Dado, o problema é a cultura brasileira de achar que tudo de ruim é culpa do treinador, que os resultados tem que ser imediato, acredito que ambos tem condições de trabalhar em muitos clubes que atualmente estejam disputando a serie A do Brasileiro, não quero ver o futebol por este lado de preconceito aos nordestinos, o Brasil tem muito nordestino conseguindo se destacar no futebol não apenas no Brasil e sim mundial, exemplo do Eudes Pedro que trabalhou em diversos clubes pelo mundo, e atualmente trabalha como auxiliar do Cuca no Palmeiras.
E sobre ser visto como um nome promissor fico muito feliz e lisonjeado, pois muito venho trabalhando diariamente para que isso de me tornar uma realidade no futebol brasileiro venha acontecer.
Este ano o senhor foi considerado um dos melhores treinadores do primeiro turno do campeonato maranhense, levando o desacreditado MAC as semifinais.
O que te fez sair da equipe em um momento tão importante?
R- Poucos sabem, mas não partiu de minha pessoa sair da equipe naquele momento, tínhamos feito um grande primeiro turno, éramos a terceira mulher equipe da competição, dentro da zona de classificação para as finais do segundo turno, eu tinha deixado muitas coisas de lado para por acreditar no projeto de lavar o MAC a conquistar as vagas da copa nordeste, Copa do Brasil e garantir o clube na próxima série D, mas o clube havia algumas pessoas com idéias diferentes da minha, então chegou um momento que foi visto que não era mais possível continuar, e como sempre digo, coloco Deus na frente, no comando de todas as coisas durante este período, surgiu o convite do atlético, não pensei duas vezes aceitei.
Em Cajazeiras, quando se fala em seu nome é quase uma unanimidade a aceitação em dizer que o senhor é um dos melhores profissionais que já passaram pelo clube.
O que se deve esta admiração, e o por que o senhor optou ao Atlético na seqüência do trabalho?
R- Começo respondendo o porquê atlético, na verdade tive alguns convites de outros estados inclusive em permanecer no estado do Maranhão, mas tenho uma carinho e respeito muito grande pelo Atlético de Cajazeiras, clube que tem uma torcida apaixonante que sempre me respeitou.
Ano passado vivemos momentos importantes e este ano eu queria dar algo a mais a este clube, todos sonhavam com a possibilidade do clube ir novamente as finais do estadual algo que não acontecia a muitos anos, graças a Deus a escolha em aceitar foi maravilhosa, pois conseguimos nosso objetivo e em dois anos consecutivos tive a honra em poder contribuir ao clube em conquistar seus objetivos.
Falando um pouco do futebol internacional, muitos se fala em atualização, e você é visto como um treinador estudioso e atualizado, entre este momento futebolístico de novos treinadores, o que o senhor pode falar dos treinadores atuais e seus esquemas táticos em diversas competição pelo mundo.
Serei breve nesta resposta, muito tem sido falado em relação ao futebol brasileiro, sobre atualizar a nossa classe de treinadores, muitos tem buscado recorrer aos estudos como alternativa de obter melhores resultados, fundamentando a sua escolha em algo mais  consistente.
Tenho visto grandes profissionais brasileiro buscando a sua estrutura profissional baseada na sua qualificação, mas infelizmente o futebol brasileiro não pode ficar apenas na qualificação dos nossos treinadores, a estrutura do nosso futebol tem que mudar por inteiro, clubes, dirigentes, imprensa tudo isso vai fazer o futebol funcionar de forma de igualdade ao resto dos grandes clubes e ligas no mundo.
Aqui no Brasil sempre tivemos grandes treinadores exemplo Telê Santana, Muricy, Luxemburgo, Tite, como no mundo também.
Todos conhecem o Mourinho e seus resultados, o Pepe e suas grandes formações táticas, e outros grandes treinadores, mas antes deles todos nós ouvíamos falar dos seus grandes clubes com suas ligas organizadas.
A diferença está aí, os nossos treinadores e os chamado top de linha mundial, a nossa cobrança é não é maior nem menor, ela é mais injusta, lá fora eles são cobrado quando o projeto não teve o sucesso esperado e nós quando os dois ou três primeiros resultados não agradaram.
Professor, muitas competições nacionais em andamento, algumas copas estaduais, e competições de outras divisões, quais seus planos para este segundo semestre?
R- Na verdade deixo nas mãos de Deus, deixei algumas possibilidades de lado para curtir um pouco a minha família, mas sempre buscando estudar, me atualizar, pois sei que quando novos projetos aparecer temos que está preparado.
Tenho feito algumas reuniões, algumas conversas, com fé em Deus alguma situação em breve poderá por fim ser dita sobre nossa seqüência profissional.
Professor a nossa equipe lhe agradece a atenção e desejamos sorte ao seu trabalho na sua sequência profissional.
Esta é mais uma grande entrevista que nossa equipe passa para o nosso leitor, em breve outro grande nome do nosso futebol abrirá o jogo para nós.

Fonte: Abrindo o Jogo
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador