Comissão promete banir árbitros da Paraíba, caso envolvimento em corrupção seja confirmado

O  áudio denunciando possível esquema de corrupção na arbitragem da Paraíba, que foi atribuído ao ex-zagueiro do Botafogo-PB, Walter, segue repercutindo no futebol paraibano. Desta vez, o presidente da Comissão de Arbitragem, José Renato, prometeu que o órgão vai acompanhar de perto as investigações e, caso fique comprovado que algum árbitro tenha participado de esquema, ele vai ser banido do futebol.
A promessa foi feita em uma entrevista concedida à CBN João Pessoa. Ele diz não acreditar que algum tipo de corrupção tenha acontecido ou venha acontecendo no futebol paraibano, mas garantiu que medidas duras vão ser tomadas se algum ato ilícito for comprovado.
- Eu recebi esta notícia (de corrupção) com indignação. As denúncias precisam ser apuradas. Uma vez apuradas, e se houver algum árbitro envolvido, ele está banido do futebol. A Comissão já está tomando as providências junto com a Federação Paraibana de Futebol (FPF). Eu cheguei a procurar o telefone do atleta, para tentar ter mais informações, mas não consegui chegar a ele. Mas eu acredito na integridade moral dos nossos árbitros até o fim - afirmou.
A polêmica explodiu no início desta semana, quando veio a público um áudio, que supostamente seria do zagueiro Walter, ex-Botafogo-PB, no qual é mencionada a compra da arbitragem no Campeonato Paraibano, por parte do Belo. O autor do áudio cita como exemplo um Botauto da fase final do Campeonato Paraibano de 2015, em que o árbitro central era João Bosco Sátiro.

Por Globoesporte.com
João Pessoa
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador