Cobiçado, treinador quer salvar o Atlético de Cajazeiras antes de definir futuro

Foto: Vitor Oliveira/ Voz da Torcida
O início de quadrangular da morte com vitória deixou o clima mais leve no Atlético de Cajazeiras.
Com a pior campanha da primeira fase do Paraibano, o Trovão Azul aproveitou as últimas rodadas para se preparar para lutar contra o rebaixamento na sequência da competição, e a estreia com vitória sobre o Auto Esporte mostrou que, aparentemente, o trabalho foi bem feito.
E se um bom resultado valoriza o treinador, o assédio de outros clubes mostra ainda mais o reconhecimento. E é o que vem acontecendo com Cleibson Ferreira.
Pela segunda vez na temporada, o atual comandante do Atlético de Cajazeiras foi ligado ao Estanciano-SE. A imprensa do estado coloca o treinador do clube, Luiz Juresco, a perigo no cargo, e uma eliminação diante do Paraná, pela Copa do Brasil, pode decretar sua demissão do Canário. E Cleibson aparece como favorito para assumir o posto.
- Fico feliz com o que vem acontecendo. As coisas dentro de campo começando a funcionar, não como queríamos mas bem próximo do que se espera, e fora dele vindo o reconhecimento do nosso trabalho – comentou o treinador atleticano.
Sobre a proposta do Estanciano, o comandante alvi-azulino admitiu a sondagem, mas garantiu que seu foco é total no Atlético, e que apenas uma “salvação” antecipada pode o fazer deixar o clube antes do fim do quadrangular da morte.
- Algumas pessoas de Sergipe ficaram de me ligar novamente em breve falando sobre este assunto em particular. Anteriormente via como algo distante, até mesmo pelo fato de ter acabado de assumir o Atlético, mas hoje já estamos ao final da competição, e tenho que ver muitas coisas. Vem o lado profissional, familiar, mas vem também o lado amizade, do compromisso assumido aqui. Quando cheguei, falei que teríamos muito trabalho, mas que não deixaríamos este clube cair. Este talvez seja o maior obstáculo para a minha saída neste momento, o compromisso que tenho com os atletas, comissão técnica, com o clube e sua torcida que tanto me apoiam. Vamos ver o que vai acontecer nas próximas rodadas, quem sabe conseguindo com antecedência a permanência os planos sejam mudados – admitiu.
Neste sábado, o Atlético de Cajazeiras entra em campo pela segunda rodada do quadrangular da morte. O jogo contra o Esporte de Patos será no estádio José Cavalcanti. Caso vença, o Trovão provavelmente precisará de apenas mais quatro pontos para assegurar a permanência na elite do futebol da Paraíba, o que pode encurtar a permanência de seu treinador no comando do clube.

Equipe @Vozdatorcida
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador