FUTEBOL DE LUTO: Multidão se despede de ex atacante Leonardo em Picos-PI, ele foi idolo no Sport Recife e Vasco da Gama

O corpo do ex-atacante Leonardo, ídolo do Sport, chegou à cidade de Picos, interior do Piauí, terra natal do ex-jogador, na noite desta quarta-feira. Familiares, amigos e admiradores do craque fizeram homenagens durante o cortejo feito pelo Corpo de Bombeiros nas ruas do município de 76 mil habitantes. Durante o trajeto, ao som da canção "Tema da vitória", muita emoção e aplausos pela trajetória de sucesso de Leonardo. O piauiense morreu aos 41 anos por falência múltipla dos órgãos em decorrência de uma neurocisticercose, doença parasitária causada pela ingestão de alimentos mal higienizados. 
- Fomos criados juntos até que aos 16 anos ele se mudou para Recife. Um verdadeiro amigo, um bom filho que ajudou muito a família, um vitorioso não só no futebol como na vida. Hoje, lamentamos - contou Francisco Júlio da Silva, primo de Leonardo. 
Antes de chegar na cidade piauiense, centenas de fãs se despediram de Leonardo na sede do Sport, na Ilha do Retiro. À pedido da família, o corpo será enterrado em Picos na manhã de quinta-feira, no cemitério São Pedro de Alcântara. O velório lotou a Câmara Municipal de Picos. 
- Um cara sorridente, não tenho mais palavras para descrevê-lo. Agora temos lembranças de um menino simples que saiu de Picos para realizar um sonho - se emocionou Natinho, primo de Leonardo. Os dois atuaram juntos no título do Campeonato Piauiense de 91 pelo Picos. 
Leonardo é o terceiro maior artilheiro da história do Sport. No Rubro-Negro, foram oito títulos conquistados: duas Copas do Nordeste (1994 e 2000) e seis Campeonatos Pernambucanos (1994, 1997, 1998, 1999 e 2000). O piauiense foi contratado em 1995 pelo Vasco, fazendo parceria com Juninho Pernambucano. O ex-jogador passou pelo Corinthians, Palmeiras, Paysandu, Guarany-CE, Santa Cruz - onde ajudou no acesso à Série A em 2005 -, Central, Cametá-PA, Sete de Setembro e Afogadense, onde encerrou a carreira em 2012.  
O primeiro clube foi o Picos, time com o nome da cidade onde nasceu. Foi campeão piauiense em 1991, conduzindo o primeiro título estadual ao time. Em 2007, voltou ao clube na Série B do Piauiense e ajudou no acesso. O presidente do Picos revelou que ele não cobrou salário pela atuação. O jogo mais marcante com a camisa do Zangão foi na derrota para o Fluminense, por 4 a 2, na Copa do Brasil de 1992. Leonardo fez os dois gols do time piauiense.


Por Globoesporte.com
Picos, PI
Fotos: Wenner Tito
Share on Google Plus

Inicio Joao Henrique

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador