Justiça condena Vasco a pagar quase R$ 15 milhões ao ex-jogador Wendel

Wendel deixou o Vasco em 2013 — Foto: Marcelo Sadio / Site Oficial do Vasco
A Justiça condenou o Vasco a pagar R$ 14,7 milhões ao ex-jogador Wendel, volante que defendeu o clube entre 2012 e 2013. A decisão da juíza Astrid Silva Britto, da 68ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, foi publicada nesta terça-feira.
A informação foi publicada primeiramente pelo site ENM. Posteriormente, o ge a confirmou.
Wendel foi contratado na gestão de Roberto Dinamite, disputou 72 jogos e marcou dois gols. Quando deixou o Vasco, entrou na Justiça alegando salários atrasados. Em 2015, o clube foi condenado a pagar R$ 1,5 milhão ao jogador.
As duas partes recorreram, e o caso chegou a ser apreciado pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília. Na condenação desta terça-feira, o valor foi acrescido de juros e correção monetária e incide também sobre FGTS, 13º, férias, luvas e premiações.
Não cabe recurso. O valor será pago via Ato Trabalhista.
Nesta segunda-feira, o Vasco conseguiu um efeito suspensivo relativo à dívida de R$ 8 milhões com o Ato Trabalhista referente aos meses de abril, maio, junho e julho do ano passado, quando a cobrança foi suspensa por conta da pandemia. Sendo assim, o clube, por ora, seguirá pagamento normalmente o valor mensal de R$ 2 milhões ao Ato Trabalhista.

Por Redação do GE
Rio de Janeiro
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador