Ex-nadador, medalhista olímpico é preso por comandar esquema de tráfico de drogas

 
Scott Miller no pódio em Atlanta 1996 — Foto: Mike Powell /Allsport
Prata nos 100m borboleta nas Olimpíadas de Atlanta, em 1996, o australiano Scott Miller foi preso nesta terça-feira, acusado de tráfico de drogas. O ex-nadador seria o dono de uma carga de metanfetamina avaliada em US$ 1,6 milhão, cerca de R$ 8,9 milhões. Miller também foi acusado de comandar uma organização criminosa.
A polícia prendeu Miller, de 45 anos, e um homem de 47, que não foi identificado, em suas casas em Sydney. A droga foi encontrada escondida em oito barcos em janeiro. De acordo com John Watson, detetive responsável pelo caso, Miller era o diretor de uma organização que traficava drogas para a Austrália. O ex-nadador e o outro homem preso distribuíam a droga por todo o país.
- Outros estavam trabalhando sob suas instruções. Esta não foi uma operação pequena. Eles eram bem organizados e bem financiados - afirmou.
Miller ganhou a medalha de prata nos 100 metros borboleta nas Olimpíadas de Atlanta em 1996. Ele também foi membro da equipe australiana de revezamento 4 x 100 metros medley em Atlanta, que conquistou o bronze. Em 1995, ele conquistou o ouro nos 100m borboleta no Mundial do Rio de Janeiro.

Por Redação do GE
Sydney, Austrália
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador