O fracasso do pobre futebol paraibano dentro e fora das quatro linhas

 
Foto: Rafael Costa
Não é de hoje que os clubes paraibanos andam mal com a esfera do futebol: torcedores, patrocinadores, conselheiros dos clubes, Governo do Estado, situação financeira.
2020 foi um tremendo desastre. O Campeonato Paraibano começou promissor e terminou à pulso. Em meio a Pandemia, os clubes não souberam lidar com a situação (dentro e fora do campo). Saíram derrotados e mais endividados.
Treze (embora campeão paraibano) e Botafogo fizeram um jogo de empurra contra o rebaixamento na Série C, fazendo um temporada horrível. Campinense e Atlético de Cajazeiras nem sequer se classificaram para a segunda fase do fraco grupo A3 do Campeonato Brasileiro da Série D.
Para piorar, os clubes ameaçam a Federação Paraibana de Futebol (FPF) para a não realização do Campeonato Paraibano 2021 e segue cancelado até então, alegam falta de recursos, esperando o milagre do perdão do Governo do Estado da Paraíba em relação aos recursos do programa "Paraíba Esporte Total".
Se não bastasse, a FPF não tem patrocinadores, pois o Campeonato Paraibano é desinteressante. Não é transmitido em grandes redes e não há público presente nos estádios até que se tenha uma vacina. Diante disso, não se configura rentável.
Agora, só resta aos torcedores assistir outros campeonatos pelo Brasil e o mundo a fora através da televisão/internet e cada vez mais abandonar seus clubes locais. Triste fim do enfermo Campeonato Paraibano.

Fonte: Klauber Canuto
Via Rede Primeiro Minuto
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador