Governo japonês fala em Olimpíadas seguras no mesmo dia de recorde de casos da Covid

 Foto: Divulgação / Getty Images
O primeiro ministro do Japão, Yoshihide Suga, reiterou nesta quinta-feira (7) na realização de forma segura os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, remarcados para julho de 2021. No mesmo dia da declaração do governo, o país registrou novo recorde de casos de Covid-19 com 7.490 pessoas infectadas, sendo 2.447 na capital.
"Estou determinado a realizar Jogos seguros", declarou.
O recorde anterior de Tóquio era de 1.591 de casos positivos da Covid-19. A taxa de ocupação dos leitos da cidade-sede do evento esportivo atingiu a marca de 88%, isto é, das 3.500 vagas destinadas aos pacientes da doença, 3.090 estão preenchidas. Até outubro, a média de internações era de 1.000, mas a partir de meados de novembro o número aumentou. A situação preocupa as autoridades de saúde diante do risco de colapso no sistema, como projeta Haruo Osaki, presidente da Associação Médica de Tóquio.
"Certamente os 3.500 leitos estarão ocupados em breve. A situação vai piorar quando as instalações médicas não puderem acomodar novos pacientes, incluindo aqueles sem coronavírus", disse.
Também nesta manhã, Tóquio e as vizinhas Saitama, Kanagawa e Chiba decretaram estado de emergência. A medida provisória tem duração até o dia 7 de fevereiro. A determinação visa combater o aumento da transmissão do coronavírus. A ação preventiva solicita que as pessoas evitem sair de casa e que bares e restaurantes parem de servir bebidas alcoólicas às 19h. Ginásios, lojas de departamento e locais de entretenimento também deverão ter carga horária de funcionamento reduzida.

Bahia Notícias
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador