Presidente do Botafogo-PB afirma que o clube disputará o Paraibano 2021

Alexandre Cavalcanti, presidente Botafogo-PB, — Foto: Paulo Cavalcanti / Botafogo-PB
Único clube a não assinar a ata da reunião que optou pela não realização do Campeonato Paraibano em 2021, o Botafogo-PB se posicionou através do presidente Alexandre Cavalcanti. O dirigente alvinegro informou que enviou os seus representantes para o que seria o Arbitral do estadual nessa segunda-feira. Contudo, como a pauta envolveu apenas o extinto Programa Gol de Placa, do Governo do Estado, o Belo optou por participar do encontro apenas como ouvinte, não assinando a ata. Alexandre garantiu que é favorável à realização do estadual e pretende dialogar para que isso aconteça.
Nessa segunda-feira, os representantes dos oito clubes que iriam disputar o Campeonato Paraibano compareceram à sede da Federação Paraibana de Futebol (FPF) para definir o formato de disputa do estadual de 2021. Ao chegar por lá, a pauta foi outra: os dirigentes de sete agremiações decidiram dialogar sobre a falta do incentivo do Governo do Estado, que está travado desde 2019. Isso porque houve fraude por parte dos próprios clubes no antigo Gol de Placa.
Por conta disso, o programa foi extinto e substituído pelo Paraíba Esporte Total. Porém, o Governo firmou um acordo de leniência com os clubes, que devolveriam as pendências financeiras e assim passariam a receber o que estava bloqueado, algo que ainda não aconteceu. Diante disso, na reunião na FPF, os dirigentes informaram que, sem a verba governamental, não há condições de disputar o Campeonato Paraibano, assinando uma ata cancelando aquela que seria 111ª edição do estadual.
Dos oito clubes que disputariam a competição, apenas o Botafogo-PB não assinou a ata. De acordo com Alexandre Cavalcanti, o Belo enviou representantes para participar do Arbitral, mas, como a pauta foi exclusivamente sobre a falta do incentivo do Governo, a decisão foi de participar do encontro apenas como ouvinte. Pelo Alvinegro da Estrela Vermelha, estiveram Alcedo Gomes, presidente do Conselho Deliberativo, e Francisco Sales, que está de volta e vai assumir um cargo no departamento de futebol botafoguense.
O mandatário alvinegro ainda garantiu que foi contra o posicionamento dos demais dirigentes, que optaram pela não realização do Campeonato Paraibano em 2021.
Na verdade, nós fomos convocados para o Conselho Arbitral. Quando os nossos representantes chegaram à FPF, a pauta era outra. Dessa forma, não concordando com o posicionamento, preferimos apenas ficar como ouvintes, não assinando a ata – explicou Alexandre Cavalcanti.
É preciso ressaltar que o Botafogo-PB também está envolvido nos casos de fraude do antigo Gol de Placa, conforme a primeira reportagem sobre o assunto, veiculado pelo jornal Folha de São Paulo. Na época, o Alvinegro garantiu que seguia o regulamento do programa à risca.
Alexandre Cavalcanti disse que o Belo tem interesse em resolver a situação e liberar a verba, mas quer resolver essa situação no diálogo. Ele também afirmou que não quer o seu clube dependente de verba pública.
Temos que olhar para a frente, inclusive, afastando-nos cada vez mais da dependência do Estado — disse Alexandre Cavalcanti.
O presidente do Botafogo-PB foi taxativo: disse que o Botafogo-PB quer disputar o Campeonato Paraibano no ano que vem. Vale ressaltar que o Belo foi eliminado nas semifinais na edição de 2020 do estadual. Por causa disso, o time não vai disputar a Copa do Brasil em 2021, e está precisando passar pelo eliminatória da Copa do Nordeste, sem garantias de que vai entrar na fase de grupos. Ou seja, há uma perda considerável de receita para o Alvinegro, que deseja voltar a conquistar a taça de campeão da Paraíba para poder voltar a disputar essas competições.

Por Cisco Nobre 
GE João Pessoa
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador