SÉRIE C: Botafogo-PB perde para o Paysandu e pode voltar ao Z2 do Grupo A

Foto: Jorge Luiz/Paysandu
O Botafogo-PB lutou muito, pressionou, mas acabou perdendo para o Paysandu por 1  a 0 nesta sexta-feira, no Estádio Mangueirão, em Belém, em jogo válido pela penúltima rodada da primeira fase do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro.
Perema marcou o único tento da partida, que coloca o Paysandu bem perto da classificação para a próxima fase. O time chegou aos 28 pontos, passando a ocupar a segunda colocação.
Já o resultado deixa o time pessoense sem depender mais de sí para se livrar do rebaixamento. Isso porque, permanece com 19 pontos na oitava posição, dois a mais que o Treze, primeiro time na zona de rebaixamento, e que joga neste sábado em casa, contra o Vila Nova-GO.
O Botafogo agora vai tentar se livrar da queda no clássico contra o Treze, em João Pessoa, pela última rodada, dia 5 de dezembro.
O JOGO
No primeiro minuto de jogo o Papão, que jogava com uniforme igual ao da Argentina, em homenagem ao falecimento de Diego Maradona, chegou com perigo. Vitor Feijão chegou na entrada da área e bateu de direita no canto de Felipe, que foi buscar e espalmou para escanteio.
Em uma jogada esquisita, Marcos Martins recuou para Donato, que não conseguiu o domínio e a bola sobrou para Nícolas, que tocou na saída de Felipe, mas a direita da meta do goleiro botafoguense.
Finalmente o Belo chegou com perigo aos 17 minutos. Mário avançou pela esquerda e encontrou Everton Heleno como elemento surpresa na grande área. O volante cabeceou no canto direito de Paulo Ricardo, que conseguiu fazer a defesa.
Melhor no jogo, o Papão abriu o placar. Aos 21 minutos, após cobrança de escanteio, Mateus Anderson ficou com o rebote, limpou Vitinho e bateu de canhota, cruzado, Felipe rebateu para o lado e o zagueiro Perema empurrou de pé direito para as redes, marcando para os donos da casa.
Ainda na primeira etapa, Evaristo Piza trocou o lateral-esquerdo Mário, lesionado, por Fernando Júnior, aos 37 minutos.
Aos 41, em saída errada do Paysandu, a bola ficou com Diego Rosa, que encontrou Marcos Aurélio livre na entrada da área. O camisa 8 chutou de direita, mas a bola foi fraca e passou a direita da meta paraense.
Segundo tempo
A segunda etapa começou amarrada. O Belo querendo ir para cima, mas esbarrava na falta de criatividade no meio campo, com Marcos Aurélio pouco participativo e Vitinho em uma atuação abaixo do normal. Everton Heleno e Juninho cumpriam seus papéis protocolares.
Enquanto isso, o Papão tentava achar buracos na defesa botafoguense para encaixar um contra-ataque, e até chegava próximo da meta de Felipe, mas sem assustar o goleiro.
Para jogar o time mais para frente em busca do empate, Piza sacou Marcos Martins e colocou Erivélton improvisado na lateral-direita. Além disso, Higor Leite, David Batista e Crístian entraram nas vagas de Diego Rosa, Ramón e Vitinho.
Mas quem chegou com perigo foi o Paysandu. Aos 29 minutos, Diego Matos bateu de canhota para a intermediária e Felipe espalmou para evitar o segundo gol.
Por muito pouco o Botafogo-PB não empata aos 43. Após cobrança de falta da direita, Erivélton desviou e David Batista, na segunda trave, chutou livre, mas bateu mal, mascada com o chão, e a bola foi a direita da trave.
Era pressão paraibana no fim. Aos 46, Higor Leite fez o pivô na área e escorou para Marcos Aurélio, que bateu firme e a bola chegou a balançar a rede, mas pelo lado de fora.
Ficha técnica
Paysandu 1 x 0 Botafogo-PB
Campeonato Brasileiro da Série C 2020
16ª rodada – Grupo A
Estádio: Mangueirão (Belém)
Arbitragem: Rafael Martins de Sá; Rafael Sepeda de Souza e Rafael Gomes Rosa, todos do Rio de Janeiro.
Gols: Perema (P)
Cartões amarelos: Tony (P)
Paysandu: Paulo Ricardo, Tony, Micael, Perema, Bruno Collaço; Uchôa, PH (Serginho), Vitor Feijão (Jefinho); Marlon (Diego Matos), Matheus Anderson (Debu) e Nicolas (Alex Maranhão). Técnico: João Brigatti.
Botafogo-PB: Felipe, Marcos Martins (Erivélton), Donato, Rodrigo, Mário (Fernando Júnior); Everton Heleno, Vitinho (Crístian), Juninho, Marcos Aurélio; Diego Rosa (Higor Leite) e Ramon (David Batista). Técnico: Evaristo Piza.

Voz da Torcida
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador