Bola aérea decide, Botafogo-PB fica no empate contra Jacuipense e se afunda no Z2 da Série C

Foto: Twitter/Botafogo-PB
A bola parada volta a castigar e a ajudar o Botafogo-PB no empate em 1 a 1 com o Jacuípense na noite de hoje (01), no Almeidão, pela décima terceira rodada do Grupo A da Série C. Sofrendo e marcando gol em cobranças de falta, o Belo não vence novamente, mesmo com uma a mais em campo por mais de meia hora. Permanece na zona de rebaixamento, em nono, e vê distância para o Treze, o oitavo colocado, aumentar para quatro pontos.
A primeira boa chegada foi com o zagueiro Kanu, aos 3 minutos, cabeceando após cobrança de falta. A bola foi no centro do gol para boa defesa do goleiro Felipe.
Aos 7 minutos Dinei abriu o placar para o Jacuípense. Em cobrança de falta ensaiada, Mauri levantou na área para o volante Raniele que escorou de cabeça para o meio da área, Dinei livre apenas teve o trabalho de empurrar para o gol.
Mineiro tentou sair jogando e errou um passe na intermediária do campo de defesa, Mauri conduziu pela esquerda e encontrou o Eudair na entrada da área, na marca dos 14 minutos, mas o camisa 8 acabou chutando pra fora, sem sustos.
O Botafogo-PB tem a chance de levar perigo em uma falta aos 17 minutos. No entanto, Rodrigo Andrade desperdiça mandando a bola direto pela linha de fundo quando tentou levantar para dentro da área.
Depois de mais de dez minutos de muitos erros de passe e de um jogo parado, Thiaguinho teve uma ótima chance de ampliar o placar. Aos 31, contou com, mais um, erro de Mineiro, que errou ao tentar cortar o passe e a bola sobrou com o atacante do Jacuípense. Cara a cara com Felipe acabou errando o alvo e mandou pra fora, pelo lado direito do gol.
Aos 34, Ramon tentou fechar cruzamento rápido feito por Christiano, mas não pegou bem na bola. Foi a primeira finalização do Belo no jogo. Três minutos depois, Ramon teve nova chance após sobra de chute do Rodrigo Andrade. Foi rápido e tocou para o gol na saída de Jordan. Mas o tento foi anulado por impedimento.
Flávio deu a resposta rápida em sobra de falta pela direita do ataque do Jacuípense. Aos 44, teve a oportunidade chutando de fora da área para boa defesa do goleiro Felipe.
Já nos acréscimos o lateral esquerdo Christiano tenta jogada individual cortando para o meio e arrisca de fora da área. O chute desvia no primeiro defensor, mas a bola é bloqueada por Kanu.
No último lance, da primeira etapa, Cristian recebe boa bola metida dentro da área por Christiano, pela esquerda, mas pega muito mal na bola e desperdiça. O Botafogo-PB melhora no final, mas ainda sem o capricho necessário nas conclusões das jogadas.
Segundo tempo
Nos primeiros 15 minutos da segunda etapa o Botafogo-PB aposta bastante nas jogadas de bola parada e nos cruzamentos, mas jogadas todas sem qualquer perigo para a meta defendida por Jordan. Fica bastante com a bola, mas não consegue levar perigo.
Até que aos 16 minutos, finalmente a bola parada fez efeito. Marcos Martins bateu falta da esquerda, David Batista consegue se antecipar a todos e desvia jogando no contrapé do goleiro Jordan. Eudair recebeu o segundo amarelo por ter cometido a falta que resultou no gol e foi expulso.
Aos 24, em boa escapada de Ramon pela esquerda, o cruzamento rasteiro procurando David Batista é interceptado para escanteio por Railon. No escanteio, Ramon desvia no primeiro pau, mas é a bola é bloqueada pela defesa.
O Botafogo-PB se anima e passa a pressionar, rondando a área do Jacuípense. Os baianos devolvem levando perigo em dois contra-ataques consecutivos. No primeiro Flávio, aos 26, em chute de fora da área e depois com Felipe se antecipando a Daniel que adiantou demais a bola.
Uma ótima chance é desperdiçada pelo Belo aos 29. Marcos Martins faz um ótimo levantamento e encontra Ramom, invadindo área, de frente para o gol, mas o camisa 9 fura e acabando errando o chute.
O Belo segue em cima e após erro na saída de jogo pela defesa baiana, Rodrigo Andrade sai de frente para o goleiro Jordan, mas o goleiro do Jacuípense fecha bem o ângulo e faz uma importante defesa aos 30 minutos. Na disputa pelo bola no rebote, um choque entre o goleiro e o meia acontece no limite da grande área, mas o árbitro marca falta fora da área.
Seguindo em cima, aos 36, em mais um levantamento do lateral Marcos Martins, Fernando Júnior chega por trás da defesa mas cabeceia em cima do goleiro Jordan. O Jacuípense devolve, dois minutos depois, com a velocidade, pela esquerda, do atacante Levi, mas o chute acaba sendo bloqueado.
Aos 46, o Jacuípense, que apenas se defendia e tentava aproveitar algum contra ataque, quase desempate com Kanu. Após cobrança de falta para a área botafoguense, o zagueiro sobe mais que todo mundo e cabeceia tirando tinta da trave esquerda do goleiro Felipe.
Um minuto depois Ramon tem última boa oportunidade da partida. A bola sobra para o seu domínio na meia lua,após cruzamento pela direita de Erivelton, o atacante ajeita e sem marcação chuta pra fora, pela direita do gol.
Ficha técnica
Botafogo-PB  1x1 Jacuípense-BA
Campeonato Brasileiro da Série C 2020
Grupo A – 13ª rodada
Estádio: Almeidão (João Pessoa)
Arbitragem: Leonardo Ferreira Lima, auxiliado por Heitor Alex Eurich e Andrey Luiz de Freitas, todos do Paraná.
Gols: David Batista (B); Dinei (J).
Cartões amarelos: Rodrigo Andrade, Gabriel Correa, Samuel (no banco) (B); Eudair, Jordan, Daniel (J).
Cartões vermelhos: Eudair (J).
Botafogo-PB: Felipe, Marcos Martins, Rodrigo, Donato, Christiano (Mário), Mineiro (Fernando Júnior), Juninho, Rodrigo Andrade (Gabriel Correa), Cristian (Erivelton), Ramon, David Batista. Técnico: Rogério Zimmermann.
Jacuípense: Jordan, Railan, Kanu, Railon, Vicente, Raniele, Flávio (Daniel), Eudair, Thiaguinho (Popó), Mauri, Dinei (Levi). Técnico: Joílson.

Equipe @Vozdatorcida
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador