Presidente do Conselho do Botafogo-PB vai ao STJD contra influência de Breno Morais no clube

Foto: Divulgação/ Botafogo-PB
Em coletiva, hoje (02), na sede do clube, o presidente Orlando Soares e Luciano Wanderley, presidente do Conselho Deliberativo, rebateram as últimas acusações da oposição e anunciaram uma denúncia na Justiça Desportiva em relação ao ex-dirigente Breno Morais.
Durante a semana, surgiu uma denúncia do grupo opositor de que o assessor da presidência do Botafogo-PB, George Dias, teria coagido o administrador do programa de sócios do clube a fraudar o sistema, incluindo nomes na categoria de contribuinte, de maneira irregular, para beneficiar seu grupo político para as eleições deste mês.
O então presidente da associação Sou Mais Botafogo, que administra o programa de sócios, Leonan Lúcio Ramalho, registrou em cartório no dia 21 de setembro, que foi coagido por Dias, no dia 11 de outubro de 2019, a registrar de maneira irregular e as pressas 20 nomes no sistema como sócios-contribuintes.
A categoria citada é a única com direitos políticos aberta a participação de qualquer cidadão, desde que desembolse mensalmente a quantia de R$ 200, além da taxa da adesão. Para que o direito seja assegurado para o pleito, é necessária a carência de pelo menos um ano, ou seja que a inscrição na modalidade seja feita pelo menos um ano antes da votação seguinte, que será no dia 11 de outubro de 2020.
Orlando Soares é o candidato a presidência pela chapa Belo Para Todos, e terá Luciano Wanderley, atual presidente do Conselho Deliberativo, como seu vice. Ele foi interpelado durante a semana sobre o que estava sendo denunciado e decidiu para dia de hoje (02) convocar uma coletiva na Maravilha do Contorno para expor a sua versão. Porém, de forma um pouco confusa.
Todos aqueles nomes que eles, irresponsavelmente, publicaram, nenhum deles consta na chapa do Belo para Todos como candidatos ao conselho, nem tampouco têm direito à voto. O que no caso do outro lado é o inverso. Nós temos sim, alguns nomes que foram inseridos através do sistema, que era um sistema que vinha de gestões anteriores e continuamos com ele. Temos sim como provar que toda essa relação que eles têm é onde realmente está a fraude – rebateu.
Luciano Wanderley, por sua vez, acusou Breno Morais de ter quebrado o sigilo dos sócios e exposto dados pessoais, causando constrangimento, o que seria um crime de alta seriedade, nas suas palavras, e que irá acionar vias judiciais sobre o ocorrido.
O presidente do Conselho Deliberativo também informou que o clube foi ao STJD denunciar violações da punição sofrida, de banimento do esporte, por Morais, que teria adentrado ao clube de forma violenta durante reunião da comissão eleitoral. A sua participação e direito ao voto estão sendo questionados pela situação com base na decisão do tribunal desportivo.
Em reunião do Conselho Deliberativo, em julho, para julgar as contas da atual gestão, já ocorreu um impasse entre os grupos sobre a participação ou não de Breno Morais no encontro realizado de maneira remota. No final, o ex-dirigente não participou da análise.
Para preservar o clube de danos futuros, resolvemos fazer esse comunicado ao tribunal das atitudes que o referido cidadão, que comanda a oposição, vem tendo, com um comportamento inadequado, inclusive com agressões verbais a diversos diretores, conselheiros, promovendo cenas desagradáveis dentro da sede do clube. Todos esses fatos foram levados ao tribunal e também serão levados às instâncias cabíveis no meio judicial – disse.
Ao ser questionado se o clima de disputa política tem atrapalhado o desempenho dentro de campo, Orlando Soares destacou que o grupo está blindado com relação a isso, e que a tranquilidade para que o trabalho seja feito está sendo dada com o pagamento em dia dos salários dos atletas e demais funcionários do clube. Por fim, o mandatário insinuou um suposto trabalho dos opositores nos bastidores do futebol para atrapalhar a contratação de novos jogadores.
Com certeza se esse pessoal estivesse conosco, não dessa forma de atrapalhar, estaríamos bem melhor. É incrível, estamos hoje até com dificuldade de trazer jogadores e ninguém entende o porquê. Fica aí nas entrelinhas – concluiu.
O atual presidente declarou ainda que a gestão está trabalhando para trazer quatro reforços, que estariam praticamente fechados, sendo dois deles para o ataque. Já sobre a situação da equipe na tabela da Série C, o entendimento da diretoria é de otimismo, e ele comparou o atual momento com outros desempenhos do clube no certame para justificar.
Se vocês analisarem, o Botafogo-PB está a cinco partidas sem perder. Hoje estamos na incômoda oitava colocação, mas se olhar para cima da tabela, não estamos longe de entrar no G4. Pelo o que temos acompanhado do trabalho, nós sentimos que o time vem numa crescente, diferente dos anos anteriores que começávamos bem e no final, no segundo turno, começava a degringolar – analisou.

Equipe @Vozdatorcida
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador