STJD nega conversão de pena a Felipe, e Botafogo-PB fica sem o goleiro contra Paysandu e Treze

Documento comprova pedido indeferido pelo STJD à conversão da pena do goleiro Felipe — Foto: Reprodução / STJD
O Botafogo-PB bem que tentou, mas o goleiro Felipe continua sendo desfalque para os próximos dois compromissos do Belo no Brasileiro da Série C. O clube alvinegro da estrela vermelha recorreu ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para que os dois jogos restantes de pena que o jogador tem a cumprir fossem convertidos em "medidas de interesse social". No entanto, o pedido do clube foi indeferido por Otávio Noronha, presidente da entidade máxima que rege o jurídico do futebol nacional, com a justificativa de que aceitar essa solicitação "causaria uma sensação de impunidade e não seria um bom exemplo para os demais atletas".
Felipe foi condenado por violar, segundo o Pleno do STJD, o artigo Art. 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que trata sobre ofender a honra de alguém no desporto. O episódio aconteceu no polêmico encontro entre Botafogo-PB e Bahia, pelas quartas de final da Copa do Nordeste, no dia 25 de julho. Foram dois lances que decidiram diretamente o rumo da partida quando o placar apontava vitória dos baianos por 2 a 1. No primeiro, o então botafoguense Kelvin marcou o gol de empate, que foi anulado por alegação de impedimento do atacante. Alguns minutos adiante, Fernandão desviou para marcar o terceiro gol do Bahia, em posição irregular, e fechar o placar da partida.
Ao fim da partida, Felipe se dirigiu à equipe de arbitragem e não poupou críticas aos comandantes da partida. O árbitro Gilberto Rodrigues Castro relatou em súmula que Felipe disse: “Vocês são uns filhos da p..., ladrões, vagabundos, vieram aqui pra estragar nosso trabalho, são uns safados, bandidos, tem que levar para delegacia!". Com o cartão vermelho recebido, o jogador foi a julgamento. Em primeira instância, o arqueiro pegou apenas duas partidas de suspensão, chegando a cumprir suspensão contra o Santa Cruz, pela rodada #3. O clube recorreu, e o atleta vinha atuando por conta de um efeito suspensivo que foi concedido pelo STJD, até o novo julgamento, realizado no último dia 17, quando teve a pena estendida para quatro jogos.
Com a decisão do STJD em manter a pena, Felipe, que já cumpriu suspensão contra o Santa Cruz e Remo, permanece fora de combate contra o Paysandu e no clássico contra o Treze, agendados para os dois próximos sábados.
Dessa forma, Samuel segue defendendo a meta botafoguense. No último jogo, frente ao Remo, o goleiro foi um dos grandes destaques do Botafogo-PB no empate sem gols, com pelo menos duas intervenções cruciais em cada tempo do confronto.
Botafogo-PB e Paysandu entram em campo no próximo sábado, pela rodada #7 do Grupo A do Brasileiro da Série C. O duelo será disputado no Estádio Almeidão, às 19h.

Por Redação do GE
Rio de Janeiro
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador