SERIE C: Com gol aos 50 do 2º tempo, Santa Cruz vira e vence o Treze

Em virada história, Santa Cruz busca resultado e entra no G4 da Série C (Foto: Leandro de Santana/Esp. DP Foto)
A torcida do Santa Cruz não vai ter que esperar mais para comemorar a primeira vitória na Série C. Na emoção e com direito a virada em um intervalo de cinco minutos, o Tricolor desbancou o Treze por 3 a 2, no Arruda, com gols de Paulinho, Chiquinho, Toty e conquistou os primeiros - e importantes - três pontos na competição. 
Os paraibanos descontaram com Ermínio, logo aos cinco minutos do primeiro tempo, e Daniel Lima, que marcou um belíssimo gol olímpico. Com o resultado heroico, a Cobra Coral vai à terceira colocação do grupo A da Série C, com quatro pontos. No próximo domingo, o Santa Cruz volta a campo diante do Botafogo-PB, fora de casa. 
O jogo
A intensidade marcou o primeiro tempo entre as equipes. Mas foi o Treze quem abriu o placar no Arruda. E bem cedo. Aos seis minutos, em uma falha na defesa coral, os paraibanos armaram contra-ataque de muita velocidade pela esquerda. Gilmar carregou, invadiu a área e só teve o trabalho de tocar para Ermínio balançar as redes tricolores. 
Em desvantagem, o Santa Cruz se lançou inteiramente ao ataque e contou, mais uma vez, com a boa fase de Paulinho. O volante recebeu passe de Jeremias, aproveitou a brecha na zaga do Treze, finalizou no ângulo e deixou tudo igual no Arruda.
Também no primeiro tempo, o Tricolor viu Pipico deixar o campo com dores na coxa. Como substituto, entrou Victor Rangel, mas o centroavante pouco participou das ações finais da primeira etapa, já morna. 
Segundo Tempo
Mas se pouco fez no fim do primeiro tempo, Victor Rangel, por pouco, não marcou o gol que selaria a virada do Santa Cruz logo no início da etapa complementar. Em cruzamento de Jaderson, Rangel cabeceou de peixinho, mas a bola bateu no travessão do goleiro Jefferson.  
A boa oportunidade criada, no entanto, foi a única criação de perigo do Santa Cruz em boa parte dos 45 minutos finais. Porque o Treze, mais uma vez, impôs aos corais uma ducha de água fria. Daniel Lima cobrou escanteio com veneno e simplesmente marcou um gol olímpico no Arruda. Mas quando tudo parecia perdido, veio a virada. E em um intervalo de cinco minutos, o Tricolor, com Chiquinho e Toty, de pênalti, decretou o triunfo épico sobre o Treze. O primeiro nesta Série C.  
Ficha do jogo 
Santa Cruz 3
Maycon Cleiton, Toty, Danny Morais, Wiliam Alves e Célio Santos (Júnior); Bileu (Tinga), Paulinho e Didira; Jaderson (Augusto Potiguar), Jeremias (Chiquinho) e Pipico (Victor Rangel). Técnico: Itamar Schülle
Treze 2
Jeferson, Léo Pereira, Breno Calixto, Alisson Cassiano e Gilmar; Robson, Vinícius Barba e Alexandre Santana (Bruno Mota); Edson Carioca (Caxito), Ermínio (Frontini) e Douglas Lima. Técnico: Moacir Júnior. 
Árbitro: Paulo Renato Moreira (RJ).
Assistentes: Diogo Carvalho e Silva (RJ) e Daniel de Oliveira Alves (RJ).
Cartões amarelos: Paulinho (S), Bileu (S), 
Gols: Ermínio, do Treze, aos 6’ do 1T, Paulinho, do Santa Cruz, aos 18, Daniel Lima, do Treze, aos 28’ do 2T, Chiquinho, do Santa Cruz, aos 45’ do 2T e Toty, aos 50’ do 2T.

Super Esportes

Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador