Presidente da FPF é criticada por erguer a taça e falhas em protocolo em título do Treze

Foto: Divulgação/Internet
A atuação da presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Michelle Ramalho, na final do campeonato paraibano, foi criticada por quebras de protocolo esportivos e sanitários.
Segundo profissionais da imprensa presentes no estádio, mesmo com a proibição para a presença de torcida no estádio, foi possível verificar torcedores espalhados em parte da arquibancada. Após o jogo, formou-se uma aglomeração no gramado, com registro de pessoas sem máscaras e sem obediência a qualquer regra de higiene.
Para completar, uma cena inusitada: antes de passar a taça para o presidente do time campeão, como manda a tradição, a dirigente quebrou as regras ao levantar o prêmio em sinal de comemoração, o que chamou a atenção dos que assistiram à cena.
Após entregar a taça, Michelle Ramalho também “comemorou”, levantando as mãos. Até o fechamento da reportagem, a FPF não havia se pronunciado sobre as críticas à atuação da presidente da entidade.

Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador