Causos & Lendas do Nosso Futebol: Você se Lembra de Lulinha?

Foto: Divulgação
Ele nasceu na belíssima e próspera cidade de Campina Grande, precisamente no dia vinte e cinco de dezembro do ano de mil novecentos e cinquenta e nove, sendo batizado pelos seus pais com o nome de Luís Carlos Nascimento, mas para o mundo da bola ele ficou conhecido como “Lulinha”.
Ele era um meia direita completo. Tinha a inteligência de servir aos companheiros do ataque, fazendo aquela necessária ligação do meio de campo com os atacantes, como também marcava muitos e bonitos gols.
Foi no Trezinho, esquadrão juvenil do Treze Futebol Clube, que Lulinha começou a se destacar e mostrar as suas qualidades nos gramados da Rainha da Borborema, inclusive conquistando o título amador do ano de 1977.
A sua carreira não só foi iniciada como também teve uma grande identificação no Treze Futebol Clube. Foi com a camisa alvinegra do tradicional Galo da Borborema que Lulinha, já profissionalizado, foi tricampeão paraibano; nos anos de 1981, 1982 e 1983, jogando ao lado de Hélio Show, Flávio, Joãozinho Paulista, Hélio Sururú e tantos outros bons jogadores comandados pelo competente José Santos.
Em 1982, Lulinha marcou 22 gols no campeonato paraibano, sendo o maior artilheiro daquela competição. Aliás, ele é o terceiro maior artilheiro da história do time do Bairro de São José. Quando conquistou a artilharia paraibana, Lulinha teve direito a um prêmio em espécie no valor de cem mil reais, ofertado pela Caixa Econômica Federal, que ele solidariamente dividiu com todos os seus companheiros de equipe.
A sua identificação com o clube e com a torcida alvinegra é tão grande que ele foi distinguido com o honroso título de Benemérito do Treze Futebol Clube.
Ele também vestiu e suou a camisa do Botafogo Futebol Clube, quando mais uma vez foi campeão paraibano no ano de 1986. Na sua trajetória de jogador profissional, ele ainda jogou no Nacional Atlético Clube, de São Paulo, Ubiratan Esporte Clube, do Mato Grosso do Sul, Esporte Clube Cruzeiro, da cidade de Arapiraca – AL, Associação Desportiva Recreativa Cultural Icasa,  da cidade de Juazeiro do Norte- CE, finalmente pendurando as suas famosas chuteiras no ano de 1994, defendendo as cores verde e amarela do Ipanema Atlético Clube, de Alagoas.
Hoje, já aposentado e residindo em sua querida Campina Grande, Lulinha lembra com saudade dos incentivos que recebeu no início da carreira da sua senhora genitora, das assistências que serviu aos companheiros e dos belíssimos gols que marcou.
Para nós torcedores, cronistas e desportistas, ficou a certeza de que Luís Carlos Nascimento, o popular “Lulinha”, escreveu o seu nome com tintas douradas e perpétuas na brilhante história do futebol paraibano.
* A coluna manda um grande abraço aos torcedores e dirigentes do Treze Futebol Clube, pela conquista do título de campeão paraibano edição 2020.

Serpa Di Lorenzo
Historiador, Membro da ACEP e APBCE
falserpa@oi.com.br
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador