Cruzeiro vence mas é eliminado pela Caldense do Campeonato Mineiro

O Cruzeiro não conseguiu se classificar para as semifinais do Campeonato Mineiro. Precisando vencer por três gols de diferença para entrar no G4, a equipe celeste até abriu o placar no começo do jogo contra a Caldense, nesta quarta-feira, no estádio Ronaldo Junqueira, em Poços de Caldas, e deu esperança ao torcedor. Mas a Raposa caiu de produção ao longo da partida e placar de 1 a 0 foi insuficiente para o time avançar entre os quatro primeiros colocados. Assim, a Veterana garantiu a vaga na próxima fase em quarto lugar.
Com o resultado, a Caldense enfrentará nas semifinais o Tombense, que terminou a primeira fase do Estadual na liderança.
Quinto colocado, o Cruzeiro disputará o Troféu Inconfidência. A Raposa enfrentará nas semifinais do minitorneio o Patrocinense, que terminou na oitava colocação na fase de classificação do Estadual. O duelo será disputado em jogo único no próximo fim de semana. O título também será decidido em uma só partida que será realizada na quarta-feira da semana que vem.
O jogo
O time celeste começou melhor na partida, pressionando a Caldense, e abriu o placar aos 14 minutos do primeiro tempo com Régis. Após cruzamento de Raúl Cáceres, a zaga afastou mal para a entrada da área. O camisa 10 da Raposa pegou o rebote, girou sobre o adversário e finalizou no cantinho do goleiro. Faltavam mais dois gols para o Cruzeiro se classificar.
Pouco depois, Maurício perdeu uma ótima chance para ampliar o placar para o Cruzeiro. O meia recebeu cruzamento quase na pequena área, mas furou no momento do chute.
A partir dos 25 minutos, o Cruzeiro caiu de rendimento e a Caldense passou a incomodar mais a meta do goleiro Fábio, que fez duas boas defesas em sequência, aos 29 e aos 30 minutos. O time de Poços voltou a assustar aos 42 em chute de longe de Lucas Silva que passou raspando a trave.
No fim do primeiro tempo, Marcelo Moreno foi substituído por Thiago. O boliviano, que tinha desfalcado o Cruzeiro na partida contra a URT por conta de uma indisposição gastrointestinal, deixou o gramado do estádio Ronaldo Junqueira mancando.
Na etapa final, o Cruzeiro não conseguiu criar. Do outro lado, a Caldense melhorou e chegou a acertar a trave.
Pouco inspirado, o time celeste passou a encontrar muitas dificuldades para chegar ao gol da Caldense e ainda dava espaços na defesa para a Veterana contra-atacar. Se não fosse Fábio, que fez algumas boas intervenções, a equipe de Poços poderia ter chegado ao empate.
Caldense 0 x 1 Cruzeiro
Caldense: Alyson; Filipi Sousa, Jonathan Costa, Lucas Mufalo e Rafael Rosa (Verrone); André Mensalão e Lucas Silva; João Victor, Nathan e Artur (Franklin); João Pedro (Kaique Maciel). Técnico: Marcus Paulo Grippi
Cruzeiro: Fábio; Raúl Cáceres, Léo, Marllon e Patrick Brey; Jadsom (Jean) e Ariel Cabral; Régis (Roberson), Maurício (Claudinho) e Stênio (Welinton); Marcelo Moreno (Thiago). Técnico: Enderson Moreira
Motivo: 11ª rodada do Campeonato Mineiro
Data: 29 de julho de 2020, quarta-feira, às 21h30
Local: Estádio Ronaldo Junqueira, em Poços de Caldas (MG)
Gol: Régis (14’/1º)
Cartão Amarelo: Jonathan, André Mensalão, Nathan, Rafael Rosa (Caldense); Enderson Moreira, Jadsom (Cruzeiro)
Árbitro: Ronei Cândido Alves
Auxiliares: Marconi Helbert Vieira / Leonardo Henrique Pereira

Por Itatiaia
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador