Presidente do Nacional de Patos entende que o retorno do futebol paraibano neste momento é inviável

Cleodon Bezerra, presidente do Nacional de Patos — Foto: Caio Guilherme / Nacional de Patos
O Nacional de Patos vê com maus olhos a possibilidade de as atividades do futebol paraibano serem retomadas já no dia 15 deste mês, como ficou projetado após reunião da Federação com alguns clubes da elite estadual nessa quarta-feira. Na verdade, o Canário do Sertão entende que essa proposta é inviável de ser posta em prática. O presidente do clube sertanejo, Cleodon Bezerra, falou com o GloboEsporte.com nesta quinta-feira e disse que não há condições de os treinos serem retomados agora e o Campeonato Paraibano ser continuado em julho.
O dirigente nacionalino usou como argumentos os risco à saúde dos envolvidos e também a crise financeira pela qual passa a grande maioria dos clubes, que teriam que arcar com gastos para executar esse plano de retomada do futebol num intervalo curto de tempo.
- O que a gente analisa é que não há nenhuma viabilidade do ponto de vista da saúde e também nenhuma viabilidade do ponto de vista financeiro - declarou Cleodon Bezerra.
O discurso do presidente do Nacional de Patos corrobora com o do diretor executivo do Sport Lagoa Seca, Artur Ferreira, que também não acha prudente um retorno do campeonato agora, alegando principalmente problemas financeiros para que os clubes consigam respeitar os protocolos de saúde que devem ser impostos pela FPF. Vale lembra que o Canário e o Carneiro são dois clubes que, em meio à paralisação do futebol, dispensaram seus elencos, justamente para evitar gastos com os quais não podiam arcar.
Foi em reunião realizada nessa quarta-feira e com a participação de representantes de cinco clubes que disputam a 1ª divisão do estadual (Atlético-PB [representando as demais agremiações do Nordeste], Botafogo-PB, Campinense, São Paulo Crystal e Treze), que a Federação Paraibana de Futebol (FPF) sinalizou com a possibilidade de retorno dos treinamentos a partir do dia 15 deste mês e a volta dos jogos do Campeonato Paraibano no mês de julho, tudo isso seguindo as orientações das autoridades de saúde.
O estadual da Paraíba foi suspenso no dia 19 de março, há dois meses e meio, e, desde então, a situação do enfrentamento ao novo coronavírus no estado tem sido cada vez mais preocupante, com o número de casos e de mortes apenas aumentando. No entanto, FPF e clubes têm dialogado sobre o retorno do futebol e, para amanhã, está marcada uma reunião entre os médicos de todos os clubes para que o protocolo de segurança elaborado pela CBF seja analisado e, se for o caso, melhorado, para posteriormente ser apresentado aos órgãos de saúde.

Por Silas Batista 
Globoesporte.com
Campina Grande
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador