Tom de incerteza ainda se sobressai no discurso da FPF sobre a retomada do futebol na Paraíba

Otamar Almeida, diretor executivo da FPF, demonstrou incertezas com relação ao retorno das atividades — Foto: Vitor Oliveira / GloboEsporte.com
O diretor executivo da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Otamar Almeida, falou nesta terça-feira ao GloboEsporte.com sobre as perspectivas de retomada das atividades na modalidade a nível local em meio à pandemia do novo coronavírus. E o tom da fala do dirigente reforçou ainda mais o cenário de incertezas com relação a uma possível volta das competições. Segundo Otamar, qualquer decisão no sentido de volta dos jogos vai depender do posicionamento das autoridades de saúde pública.
- Até o momento, ainda estamos esperando as definições dos órgãos competentes para podermos decidir o futuro do nosso futebol neste ano - disse o diretor executivo da FPF.
O Campeonato Paraibano de futebol masculino profissional está suspenso desde o dia 18 de março e não há uma perspectiva de retorno, embora a presidente da FPF, Michelle Ramalho, tenha garantido aos clubes que a competição será encerrada dentro de campo. Alguns dirigentes, como por exemplo o presidente do Treze, Walter Júnior, apostam na retomada das atividades ainda nesse mês de maio, com os treinamentos a partir da segunda quinzena, e o campeonato voltando no mês de junho.
Na disputa do estadual, ainda faltam dois jogos da fase de classificação para serem disputados, além das fases semifinal e também a grande decisão. Vale lembrar ainda que alguns clubes já não têm mais nenhum jogador com vínculo contratual, como por exemplo o Sousa, o Nacional de Patos e o Sport Lagoa Seca. Caso a competição seja retomada, essas diretorias teriam que buscar novas contratações ou improvisar com jogadores das categorias de base.
Efeito do coronavírus: FPF deve cancelar campeonatos de base e priorizar calendário profissional
Quanto às demais competições a serem disputadas ao longo da temporada, não é de se estranhar que algumas sejam suspensas definitivamente a depender de quando as autoridades de saúde liberem a retomada das práticas esportivas. Como a prioridade da FPF é encerra a disputa da 1ª divisão profissional, que estava em andamento, torneios como os estaduais sub-19, sub-17 e sub-15 correm risco de não serem realizados por falta de tempo hábil. Há ainda a 2ª divisão e o estadual feminino, que tem início previsto para novembro.

Por Silas Batista 
Globoesporte.com
Campina Grande
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador