Lendário goleiro do Atlético-PB na década de 1990, Gato Preto morre no interior de Pernambuco

Gato Preto, ex-goleiro do Atlético-PB — Foto: Divulgação / Museu do Futebol de Cajazeiras
O Atlético de Cajazeiras está de luto. É que o ex-goleiro Wellington César, que defendeu as cores do clube na década de 1990, morreu nesta quinta-feira, devido a complicações de problemas com o alcoolismo e a depressão. 
O Gato Preto, como era mais conhecido, foi um dos principais destaques da campanha que deu ao Trovão Azul o vice-campeonato estadual na temporada de 1994. O clube emitiu nota de pesar pelo falecimento do ex-jogador, considerado um ídolo alviazulino. Ele morreu em Caruaru, no interior de Pernambuco, onde morava.
Na nota de pesar publicada pelo Atlético-PB, a diretoria se refere a Gato Preto como um ídolo do clube, a quem define como um ex-goleiro que "tinha reflexo, agilidade e liderança como poucos, inspirava confiança e com isso escreveu seu nome na história do futebol".
Gato Preto permaneceu no Trovão Azul até 1995 — Foto: Reprodução / Museu do Futebol de Cajazeiras
Gato Preto foi formado nas categorias de base do Central de Caruaru e chegou ao Atlético-PB justamente na temporada de 1994 e permaneceu no clube também em 1995. Na época, foi considerado um dos destaques da equipe de Cajazeiras e até hoje é tido como ídolo da torcida do Trovão Azul, figurando entre os melhores da posição que já vestiram a camisa do clube.
A reportagem do GloboEsporte.com tentou apurar informações sobre velório e sepultamento do ex-goleiro, mas até o fechamento desta matéria as tentativas de contato com a família foram em vão.

Por GloboEsporte.com 
Campina Grande
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador