Campeonato Carioca pode parar na Justiça se voltar antes da pandemia

Flamengo e Vasco querem agilizar o retorno do futebol no Rio(Foto:Alexandre Vidal/Divulgação/Flamengo)
A novela envolvendo o retorno do futebol no Rio de Janeiro ganhou mais um capítulo nesta quinta-feira. O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) expediu uma recomendação para que o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, e a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) suspendam o retorno do Campeonato Carioca de Futebol 2020 até que seja atestado pelos órgãos da saúde a queda do número de novos casos de contaminação e de óbitos pela covid-19.
De acordo com o documento, "só assim será possível e recomendável a flexibilização de forma segura das normas de isolamento e distanciamento social, com a retomada das atividades não essenciais na capital fluminense, por meio de ato normativo do Poder Executivo. A recomendação foi expedida no âmbito de inquérito instaurado para apurar o suposto retorno do Campeonato Carioca de Futebol 2020, o que possivelmente violaria as regras de isolamento social e de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus."
O MPRJ ressalta ainda que o "eventual retorno do Campeonato Carioca de Futebol 2020, ainda que sem público nas praças esportivas, na atual ‘Situação de Emergência’ em saúde em que se encontra o Município do Rio de Janeiro, diante do congraçamento típico dos eventos desportivos, fatalmente incentivará a aglomeração de pessoas no entorno dos estádios em dias de jogos e a quebra das regras de isolamento social e outras medidas de prevenção à covid-19, podendo, assim, gerar risco à vida e à saúde do consumidor torcedor."
Nos últimos dias, os clubes, liderados por Flamengo e Vasco, em acordo com a Ferj, iniciaram uma campanha para agilizar o retorno do futebol. Botafogo e Fluminense são contra.

Do R7
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador