Após aval da CBF, FPF vai estreitar laços com órgãos de saúde para acelerar retorno do Paraibano

Michelle Ramalho, FPF, Federação Paraibana de Futebol — Foto: Reprodução / TV Cabo Branco
A reunião realizada nessa quinta-feira, envolvendo os presidentes das federações de futebol do Nordeste e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), deixou os dirigentes esperançosos pelo retorno do futebol nos próximos meses. A presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Michelle Ramalho, afirmou que agora será montada uma comissão própria da entidade para iniciar as discussões com as secretarias estadual e municipais de Saúde, para planejar uma flexibilização e, assim, os clubes poderem voltar aos treinos.
- Tivemos uma reunião muito importante entre todos os dirigentes do Nordeste e o coordenador médico do protocolo nacional da CBF, Jorge Pagura. As medidas que foram definidas foram apresentadas para nós e depois debatemos sobre as orientações para a retomada do nosso futebol. Com esta novidade, vamos dar mais um passo na Federação Paraibana de Futebol, que é montar uma comissão própria, que será responsável por passar todas as orientações para os clubes e secretarias de Saúde, estadual e municipais. Queremos dialogar e esperamos que autorizem o retorno do nosso futebol o mais breve possível - disse Michelle.
Ela ainda adiantou que uma reunião está sendo programada para o início da próxima semana, onde a FPF vai orientar os dirigentes e médicos dos clubes, em relação aos detalhes do protocolo médico produzido pela CBF.
- O nosso contato com os clubes tem sido constante, como sempre foi, mas principalmente agora. Eles (os clubes), Federação, árbitros e todos os segmentos envolvidos diretamente com o futebol estão interessados no retorno do esporte. Tudo está sendo bem debatido e os pontos observados, pois estamos lidando com vidas - frisou.
O secretário-geral da CBF, Walter Feldman, já havia afirmado que as federações teriam autonomia para debaterem com os seus clubes, sobre as formas de se concluir os campeonatos estaduais. Na reunião realizada nessa quinta-feira, a sinalização foi de que esse cenário continua.
Governo do Estado vai em sentido contrário
Na Paraíba, o atual decreto estadual que trata sobre as medidas de isolamento social tem validade até este domingo. Entretanto, já existe uma sinalização por parte do Governo do Estado para um novo período de quarentena, que vai durar até o dia 14 de junho. E a proposta é de um isolamento social ainda mais rigoroso, pelo menos na Região Metropolitana de João Pessoa.
O Governador da Paraíba, João Azevedo (Cidadania), se reuniu com os prefeitos da Grande João Pessoa nessa quinta-feira e nesta sexta-feira para, em conjunto, definirem medidas ainda mais restritivas para a região. A tendência é que no próximo decreto haja regulamentação sobre rodízio de veículos e fechamento dos limites dos municípios, para que não haja deslocamento de pessoas entre cidades.
Ficou definido ainda que, também no próximo decreto, o Governo do Estado vai apresentar a primeira versão do plano de retomada gradual das atividades econômicas, estágio posterior às medidas mais restritivas, e que só será posto em prática de acordo com a evolução do quadro de infecção dos municípios. Participaram também dos encontros remotos os prefeitos de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), de Bayeux, Luiz Antônio (PSDB), de Santa Rita, Emerson Panta (PSDB), de Cabedelo, Vitor Hugo (PRB), e do Conde, Márcia Lucena (PSB).

Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador