Sede única e disputa em 10 dias: Liga prepara proposta para volta da Copa do Nordeste

Copa do Nordeste estava prestes a disputar a última rodada da fase de grupos quando a competição foi paralisada — Foto: Luciano Marcos/ABC
Jogos em uma única sede e 10 dias de competição. Essa será a proposta que a Liga do Nordeste encaminhará para os clubes e para a CBF, com o intuito de reduzir os danos causados pela paralisação do futebol, em decorrência da Covid-19. De acordo com o presidente da Liga, Eduardo Rocha, a ideia é minimizar os riscos com viagens e otimizar o tempo, uma vez que o calendário do futebol nacional deverá ficar conturbado.
"Vamos ter uma reunião com os clubes e a proposta é que os jogos sejam disputados em única sede, com espaçamento de dois dias entre eles. Temos só que ver como faremos com a última rodada classificatória. Mas a nossa proposta será essa. Até para evitar muitos deslocamentos."
Ainda de acordo com o dirigente, o Recife deve ser a sede escolhida, por ser o estado mais central e com boas condições de alojar vários jogos ao mesmo tempo. Além de possuir três bons centros de treinamento: Sport, Náutico e Retrô.
- Acho que o Recife pode ser uma boa sede, porque temos quatro estádios e isso nos permite até fazermos quatro jogos simultaneamente. Temos Arruda, Arena de Pernambuco, Ilha do Retiro e Aflitos. Além de ter o CT do Retrô, que tem boa estrutura e pode ser utilizado por outros clubes, porque dispõe de mais de um campo. As viagens, para evitarmos aeroporto, podem ser feitas até de ônibus, com delegações reduzidas.
Na avaliação de Eduardo, o fato de os jogos provavelmente serem liberados com portões fechados, faz com que a vantagem por jogar "em casa" seja muito reduzida. O que diminuiria a resistência dos clubes sobre a proposta de as partidas acontecerem em uma sede única.
"Se voltar normal, com torcida, lógico que seguiremos a competição normal, em todas as suas sedes. Agora, se não tiver público, a gente vai em uma sede, porque não tem vantagem. Não faz diferença, porque é tudo estádio de futebol."
Embora ainda não tenha previsão de retorno, Eduardo deixa claro que a possibilidade de não retomar a competição inexiste.
- Não tem o menor sentido se falar em não ter conclusão da Copa do Nordeste. Uma competição absolutamente rentável para os clubes e que gera receitas não será deixada de lado. Vamos concluir, sim.

Por Elton de Castro 
Globoesporte.com
Recife
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador