Governo italiano autoriza volta dos clubes aos treinos a partir de 4 de maio, e liga faz planos

Itália se aproxima de planejamento concreto para retorno do futebol no país — Foto: Emilio Andreoli/UEFA/Getty Images
O governo italiano vai autorizar atletas de alto nível a retomar o treinamento em maio, no dia 4 para atividades individuais, e no dia 18 para as coletivas, segundo anunciou o primeiro-ministro Giuseppe Conte neste domingo.
A partir de segunda-feira, 4 de maio, o treinamento será autorizado, mas sem grupos e com portões fechados, disse Conte, em um anúncio no qual detalhou seus próximos planos para o país. Por outro lado, não foi tomada uma decisão sobre a retomada das competições, interrompida no país pelo confinamento, decretado para impedir a propagação do novo coronavírus.
Os clubes e a Lega Serie A, que organiza a primeira divisão no país, querem poder encerrar a atual temporada. A retomada dos treinamentos deve ser semelhante à dos clubes alemães. Grupos formados por alguns jogadores, membros da comissão técnica e médicos serão feitos. A Federação local (FIGC) planeja um teste em massa nos jogadores.
No momento, precisamos completar todas as avaliações para garantir que a gente chega a esse estágio na maior segurança. Somos apaixonados por esporte e não queremos nossos atletas doentes. Eu sou apaixonado por futebol, como vários italianos. Inicialmente, achei estrenho que uma competição pudesse ser interrompida ou suspensa, mas acho que até o fã mais apaixonado entendeu que não havia alternativa – declarou Giuseppe Conte.
A expectativa de clubes e entidades que organizam o futebol local é que o Campeonato Italiano volte entre os dias 27 de maio e 2 de junho. Na última quinta-feira, a Federação de futebol do país disse que estava determinado de que se possa voltar a jogar e adiou para 2 de agosto o final da temporada esportiva 2019/20.
De acordo com uma pesquisa publicada neste domingo pela agência AGI, dois em cada três italianos são contra o retorno das competições de futebol devido à situação de saúde no país. Um em cada dois também seria contra, mesmo que os torneios voltasse por meio de partidas com portões fechados.
A Itália é um dos mais atingidos pela pandemia no mundo, com quase 200 mil casos e 27 mil mortos. Porém, neste domingo, a Itália registrou 260 novas mortes, menor número desde o dia 14 de março.

Por GloboEsporte.com 
Roma

Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador