Em busca por sede única para terminar Paraibano, FPF revela proposta de Cruz do Espírito Santo

Em busca por sede única para terminar Paraibano, FPF revela proposta de Cruz do Espírito Santo(Foto: Tiago Loureiro / CBN)
Se a ideia ainda parece um "plano B" para terminar o Campeonato Paraibano, a busca por uma sede única para abrigar os jogos restantes do estadual ganhou um novo capítulo. É que a cidade de Cruz do Espírito Santo estaria se candidatando para receber os 17 jogos finais. A revelação foi da presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Michelle Ramalho, que teria recebido as garantias do presidente do São Paulo Crystal, Múcio Fernandes.
- Ele me disse que estaria disposto a isso. Inclusive, já tinha levado o assunto para a Prefeitura de Cruz do Espírito Santo. Claro que é apenas uma proposta, e a nossa ideia continua sendo de terminar o Campeonato Paraibano em todas as cidades - disse Michelle Ramalho.
Jogar em Cruz do Espírito Santo tem uma vantagem: seria campo neutro. Como o São Paulo Crystal não tem mais chances de classificação para as semifinais (embora ainda lute contra o rebaixamento), a disputa estaria mais equilibrada. Como o Campeonato Paraibano deve ser retomado com jogos de portões fechados, a capacidade acanhada do Estádio Carneirão (pouco mais de 2,5 mil torcedores) não seria problema.
Na reunião da última sexta-feira, Michelle Ramalho revelou a busca por uma sede única. De acordo com ela, a situação pode ser necessária caso a pandemia causada pelo novo coronavírus tenha evolução diferente nas regiões do estado.
- Vai depender de como a situação evolui. Pode ser que daqui a algumas semanas, os casos estejam controlados em uma cidade, e não em outra. Aí não teríamos como fazer viagens. Os clubes estão cientes dessa possibilidade - revelou a mandatária da FPF.
No encontro com dirigentes de oito dos dez clubes participantes do estadual, também foram discutidos os protocolos para a volta do futebol. A principal condição é a liberação por parte das autoridades - federal, estadual e municipais.
Testes em clubes
Envolvida em análise de um calendário a cada dia mais imprevisível, a CBF planeja auxiliar as autoridades de saúde nos estudos do coronavírus. Dentro do protocolo médico nacional, a entidade prevê os testes em jogadores - e familiares que morem na mesma residência - e estafe de 180 clubes pelo país, das séries A a D (20 nas três primeiras divisões e 68 na última) no masculino e mais 52 no feminino (16 equipes na A1 e mais 36 na A2). Os dados serão enviados ao Ministério da Saúde.
Na Paraíba, estariam contemplados com os testes jogadores de Botafogo-PB e Treze (que estão na Série C), Atlético-PB e Campinense (Série D), além do Auto Esporte (Brasileiro Feminino A-2), que no entanto, não disputa o Campeonato Paraibano.
Os médicos de cada clube devem enviar formulários - terão cada qual registro de login e senha para preencher diretamente em sistema interno da CBF - com todas informações possíveis sobre os jogadores - dados pessoais completos, além de descrição de sintomas, tipo de teste realizado, o resultado do teste e a evolução do paciente.

Por Expedito Madruga 
Globoesporte.com
João Pessoa
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador