Com arbitragem polêmica, Botafogo-PB perde para o Fluminense e deixa a Copa do Brasil

Foto: Paulo Cavalcanti/ Voz da Torcida
Em noite histórica, o Botafogo-PB foi até o Maracanã enfrentar o Fluminense pela partida única da segunda fase da Copa do Brasil. Com uma arbitragem que interferiu diretamente no jogo, o time carioca fez 2 a 0 e avança na competição nacional, enquanto o Belo agora fica com as atenções na Copa do Nordeste e no Paraibano.
A primeira boa chegada da partida veio aos 15 minutos, quando Egídio deu um cruzamento açucarado na cabeça de Evanilson, que mandou no canto esquerdo de Samuel Pires, e a bola passou tirando tinta do poste do Botafogo-PB.
O tricolor ensaiava uma pressão e após cruzamento de Nenê, aos 18, Rogério não conseguiu cortar e Wellington Silva pegou o rebote, mas chutou a pelota por cima da meta. No lance, o camisa 5 do Belo sentiu uma lesão na perna esquerda e teve que ser substituído por Wellington Cézar.
Mais uma ótima oportunidade do Flu veio aos 24, quando Wellington Silva cruzou da esquerda e Gilberto, na segunda trave, bateu de primeira, e a bola explodiu na trave esquerda de Samuel Pires.
Em um dos poucos momentos de ataque, aos 28, Juninho recebeu na direita e lançou para Lohan, que escorou para Cássio Gabriel, na meia-lua da grande área. O meio-campista bateu colocado, e a bola passou muito perto do ângulo esquerdo de Muriel.
Os donos da casa diminuíram o ritmo, mas aos 38 Wellington Silva recebeu na esquerda, invadiu a área e bateu de canhota, para defesa do arqueiro botafoguense, que mandou para o alto e afastou o perigo.
Segundo tempo
Odair Hellmann colocou o Fluminense para o ataque e promoveu a entrada de Fernando Pacheco no lugar de Wellington Silva, e logo aos 4 minutos pintou a primeira oportunidade. Após bate-rebate, a bola sobrou para Gilberto, que soltou a bomba de dentro da área, e Samuel Pires fez mais uma boa defesa para salvar o Belo.
Dois minutos mais tarde não teve jeito. Após cruzamento da direita de Gilberto, Marcos Paulo bateu de primeira, da entrada da área, e a bola entrou no canto do goleiro botafoguense, que não tinha chance de defesa, e foi aberto o placar no Maracanã. No início da jogada, o lateral batido pelo time das Laranjeiras deveria ter sido marcado para o Belo.
Por muito pouco o tricolor carioca não marcou mais um. Aos 16, Marcos Paulo cruzou da esquerda, a bola passou por todo mundo e bateu na trave esquerda do time pessoense.
Evaristo Piza abriu o Botafogo-PB em busca do empate colocando Dico no lugar de Everton Heleno. E aos 19, o camisa 11 recebeu na direita, invadiu a área, driblou Digão, o goleiro Muriel e bateu prensado. Na sobra, Lohan não conseguiu completar e zaga do Fluminense afastou.
Porém, aos 24 minutos, o árbitro Jefferson Ferreira de Morais marcou pênalti muito polêmico para o Fluminense. Nenê foi para bola aos 26 e mandou no meio do gol para ampliar o marcador.
Aos 32, o Flu chegou a fazer o terceiro, com Marcos Paulo, mas o bandeira Christhian Passos marcou um impedimento inexistente e anulou o tento.
Próximo do fim do jogo, aos 47, Rodrigo Andrade cobrou falta da meia esquerda e obrigou Muriel a fazer grande defesa para evitar o gol do Belo. Na cobrança de escanteio, Dico mandou na área e Fred cabeceou para nova defesa do arqueiro tricolor.
O placar de 2 a 0 leva o Fluminense para a terceira fase da competição, na qual vai enfrentar o Figueirense. O Botafogo-PB, por sua vez, volta as atenções para a Copa do Nordeste, onde enfrentará o Imperatriz-MA, no sábado, e o Campeonato Paraibano.
Ficha técnica
Fluminense 2 x 0 Botafogo-PB
Copa do Brasil 2020
04/03 – 2ª fase (jogo único)
Estádio: Maracanã (Rio de Janeiro)
Arbitragem: Jefferson Ferreira de Moraes; Cristhian Passos Sorence e Márcio Soares Maciel.
Gols: Marcos Paulo, Nenê (F)
Cartões amarelos: Nenê (F); Lohan, Fred, Wellington Cézar (B)
Fluminense: Muriel, Gilberto, Nino, Digão, Egídio; Hudson, Yago Felipe, Wellington Silva (Fernando Pacheco), Nenê (Ganso), Marcos Paulo; Evanilson. Técnico: Odair Hellmann.
Botafogo-PB: Samuel Pires, Léo Moura, Fred, Luís Gustavo, Mário; Rogério (Wellington Cézar), Juninho (Pimentinha), Everton Heleno (Dico), Cássio Gabriel, Rodrigo Andrade; Lohan. Técnico: Evaristo Piza.

Equipe @Vozdatorcida
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador