PARAIBANO 2020: Campinense e Treze ficam no empate em jogo de duas expulsões

Foto: Ascom/Campinense
Em clássico bastante disputado e com duas expulsões, uma para cada lado (Vinícius Barba e Vargas), Campinense e Treze ficaram no empate por 1 a 1 neste domingo, no Estádio Amigão, pela quarta rodada do Campeonato Paraibano.
Apesar da boa movimentação dos times, os gols só saíram no segundo tempo. Almir abriu o placar para o Galo aos quatro minutos. A Raposa chegou ao empate aos 38, com Rafael Ibiapino cobrando uma penalidade máxima.
Com o resultado, a Raposa segue na liderança do Grupo B, com sete pontos em quatro jogos. Já o Galo, permanece na vice-liderança do Grupo A, agora com 10 pontos em cinco jogos. O líder é o Atlético-PB, que bateu o Sousa e chegou aos 13.
O próximo jogo do Campinense será contra o Botafogo-PB, na quarta-feira, no Estádio Amigão. Este confronto é válido pela terceira rodada, adiado por conta da participação do Belo no Nordestão.
Por sua vez, o Treze somente volta a jogar dia 2 de março contra o CSP, no Almeidão, em partida válida pela sexta rodada.
O JOGO
Com presença tímida dos torcedores dos dois times na arquibancada, os rubro-negros viram seu melhor jogador contra o Atlético-MG ser substituído logo no início da peleja. Logo aos 18 minutos, Romário Becker foi substituído por Vinicius Vargas após sentir uma lesão na parte posterior da coxa.
Depois de um primeiro tempo de muita deficiência técnica das duas equipes, que erravam muitos passes, faziam muitas faltas e pouco chegavam perto das metas dos dois goleiros, na segunda etapa a coisa começou a se animar.
Logo aos 2 minutos, o meio-campista Vinicius Barba, do Treze, recebeu o segundo cartão amarelo e foi para o chuveiro mais cedo.
Parecia que isso complicaria a situação do Galo, mas dois minutos depois, aos 4, Almir recebeu cruzamento da esquerda e, na entrada da pequena área, escorou de direita para vencer Adilson Júnior e abrir o placar.
Atrás no marcador, a Raposa passou a tentar pressionar e aos 22 e 23, perdeu boas chances com Matheus Camargo e Vitão. Porém, logo depois, aos 25, Vinicius Vargas precisou fazer falta para interromper o contra-ataque trezeano, recebeu o segundo amarelo e deixou a Raposa também com dez homens em campo.
Celso Teixeira aproveitou a igualdade para colocar o alvinegro para trás e tirou Almir e mandou para campo o zagueiro Rafael Araújo, aos 34 minutos. Porém, dois minutos depois, Matheus Camargo foi derrubado na área e o árbitro Wagner Reway marcou pênalti para o Campinense.
Rafael Ibiapino foi para a cobrança e bateu firme, bola ainda tocou no travessão antes de cruzar a linha e deixar tudo igual no Amigão.
O fim do jogo foi de muita correria e busca pela vitória, mas o resultado acabou mesmo em 1 a 1.
Ficha Técnica
Campinense
Adílson Júnior, Alex Maranhão, Vitão, Uesles e Camargo; Pêu, Allefe (Zé Paulo), Gabriel Vieira (Jairo) e Romário Becker (Vargas); Fábio Júnior e Rafael Ibiapino. Técnico – Oliveira Canindé
Treze
Jeferson, Gustavo, Breno Calixto, Nilson Júnior e Tales; Robson Luiz, Dedé, Vinicius Barba e Almir (Rafael Araújo); Caxito (Patrick Mota) e Rafael Oliveira ( Jânio Fialho). Técnico – Celso Teixeira
Gols- Almir (T), aos 4min do 2ºT, Rafael Ibiapino (C), aos 38min do 2ºT
Cartão amarelo – Vargas, Uesles (C)
Cartão vermelho – Vargas (C), Vinicius Barba (T)
Árbitro – Wagner Reway
Assistentes – Oberto Silva e Schumacher Marques

Paraíba Online
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador