Coluna de Eduardo Araújo: 1/3 do Paraibano

O Campeonato Paraibano da Primeira Divisão realizou até agora três rodadas, com exceção de um jogo da terceira rodada entre Campinense e Botafogo adiado para 19 de fevereiro de 2020.
Com três jogos, o grupo A tem como líder o Atlético com sete pontos, seguido por Botafogo com seis e um jogo a menos, Treze com seis, Perilima com três e o lanterna, Sport Lagoa Seca, com nenhum ponto.
D’outra banda, o grupo B tem como líder, apesar de um jogo a menos, o favorito Campinense com seis pontos empatado com o Sousa, seguidos por Nacional de Patos e CSP com três e na última colocação o São Paulo Crystal.
As três primeiras rodadas confirmaram as impressões iniciais, com boas campanhas de Botafogo e Campinense, 100% de aproveitamento, seguidos por Atlético, Treze e Sousa, que tiveram apenas um tropeço na competição, perdendo pontos respectivamente para São Paulo Crystal, o próprio Sousa e a Perilima.
Ao analisar os jogos, vemos que o Sousa perdeu para a Perilima, que perdeu para o CSP, que perdeu para o Treze, que perdeu para o Sousa, ou seja, confirma-se o que anualmente ocorre em terras tabajaras, uma competição nivelada e bem disputada, independente da história dos clubes e no modelo atual, a contagem não é de pontos conquistados, mas perdidos.
O São Paulo Crystal e o Sport Lagoa Seca ascenderam à Primeira Divisão e estão na lanterna de seus respectivos grupos, brigando para não retornar à Segunda Divisão. A diferença entre ambas é o fato do Sport não ter pontuado em três jogos e ter enfrentado equipes em nível de favoritismo inferior quando comparadas ao grupo A.
Ao contrário do Carcará de Cruz do Espírito Santo, enfrentando em sequência os três maiores orçamentos do grupo A e favoritos: Botafogo, Treze e Atlético, conquistando apenas um ponto contra o time de Cajazeiras.
No próximo final de semana teremos cinco bons jogos entre equipes que, em tese, almejam as mesmas metas na competição: Botafogo x Sousa; Perilima x São Paulo Crystal; Atlético x Campinense; Treze x Nacional; e Sport x CSP.
A fórmula - no mínimo estranha - do Campeonato força os clubes de um grupo a torcer pelo outro e impede uma disputa direta de pontuação para classificação/rebaixamento e terá nessa quarta e quinta rodada a definição do que os clubes pretendem para o decorrer da competição, afinal estarão encerrados os “jogos de ida”, com paralisação de duas semanas e retorno para o segundo turno e os “jogos de volta”.
Em tese, as previsões estão sendo confirmadas, com a disputa entre Botafogo, Treze e Atlético no grupo A para classificação de dois deles para as semifinais; e no grupo B, a confirmação do favoritismo do Campinense com o embate entre os outros clubes para a segunda vaga, restando a definição destas duas últimas rodadas da primeira fase para verificar a colocação dos clubes quanto ao rebaixamento, hodiernamente disputada entre Perilima e Sport no grupo A e CSP e São Paulo Crystal no Grupo B.

Eduardo Araújo
Advogado
eduardomarceloaraujo@hotmail.com
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador