Árbitra Ruthyanna Camila passa por testes e vive expectativa de ingressar no quadro da Fifa

Foto: Vitor Oliveira / GloboEsporte.com
A Paraíba pode dizer que tem uma nova e grande revelação no futebol. Mas se engana quem está pensando que a aposta pertence a algum onze inicial de clube. É que a árbitra Ruthyanna Camila, natural de Natal, está cotada para ingressar no quadro da Fifa. Aos 24 anos, a profissional do apito já é filiada ao quadro da CBF e recentemente passou por uma série de testes da maior entidade de futebol do planeta, realizada em Águas de Lindóia, no interior paulista. Agora, a potiguar vive a expectativa de subir novamente de patamar e chegar ao topo com tão pouca idade.
Segundo Ruthyanna, a preparação, promovida pela CBF junto com a Fifa, é apenas parte de uma série de pré-requisitos necessários para, um dia, chegar ao principal quadro de arbitragem do futebol. A árbitra revelou que obteve bons resultados, mas que nada adianta se não conseguir manter o bom nível nos jogos.
– O curso é um processo contínuo, é apenas uma parte do que ainda está por vir. Lá no estado de São Paulo, nós passamos por treinamentos físicos e técnicos. Eu estive com os melhores árbitros do país e consegui bons resultados. A expectativa é grande para dar continuidade a esse trabalho e, assim estar apta ao quadro da Fifa – disse Ruthyanna Camila.
Ruthyanna, potiguar que mora há anos em Patos, no Sertão da Paraíba, contou que o curso, realizado em Águas de Lindóia, reuniu árbitros de todo o país e foi ministrado por instrutores da Fifa e também da CBF.
Mas nada acontece se o profissional não for indicado. Ela garantiu que apenas com um bom trabalho o árbitro consegue ser indicado pelo seu estado para poder participar do curso e ser apto a ingressar nos quadros de arbitragem.
– Primeiramente, o profissional ingressa no quadro do seu estado. Após isso, se conseguir se destacar, você passa para a CBF. Posteriormente, dependendo do rendimento, você é indicado pela federação do seu estado por ter potencial de chegar ao quadro da Fifa. O árbitro só é convidado para participar dos treinamentos com a indicação e a aprovação de quem organiza – contou.
Aos 24 anos, Ruthyanna Camila pertence ao quadro da CBF desde 2016 e estreou em competição profissional na Paraíba em novembro do ano passado, quando apitou Perilima x Picuiense, pela 2ª divisão do Campeonato Paraibano. Na ocasião, fez história ao se tornar a primeira árbitra central da história do futebol do estado.
Desde então, vem se destacando, comandou jogos da 1ª divisão do futebol paraibano, como também apitou o jogo de ida da finalíssima do Campeonato Paraibano Sub-19 deste ano. Agora, o passo promete ser ainda mais largo: ela pode ingressar no quadro da Fifa, outra marca histórica.
No entanto, a potiguar residente em Patos é humilde, espera crescer com o tempo e viver cada momento da carreira antes de subir de patente e chegar ao auge.
O futebol paraibano está na reta final da temporada, chega ao fim neste mês, com o encerramento do Campeonato Paraibano de Futebol Feminino, competição que Ruthyanna também está arbitrando. Para o ano que vem, a expectativa da árbitra é ainda maior, já que está garantida no Campeonato Paraibano de Futebol Profissional de 2020, previsto para começar no dia 19 de janeiro, além de esperar ansiosamente a possibilidade de ingressar no quadro da Fifa. Os bons ventos sopram no estado da Paraíba.

Por Cisco Nobre — João Pessoa
Globoesporte.com
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador