DENÚNCIA: Dois atletas que faziam parte do elenco do Sabugy na 2ª Divisão estão em São Mamede abandonados e sem condições de voltarem para suas cidades

 
Imagens do Estádio Oliveirão em São Mamede onde o Sabugy realizou todos seus treinamentos e mandou seus jogos no Paraibano Sub 19
O Sabugy de Santa Luzia que estava com suas categorias Sub 19 e Profissional estava sendo gerido por Jeferson Sabino através de um contrato de arrendamento que seria de dois e que durante o Campeonato Paraibano Sub 19 a equipe chegou as semifinais e por pouco não conquistou sua vaga para a copa São Paulo de Futebol Júnior, como a equipe estava vencendo e as informações chegadas a imprensa eram as melhores possíveis, tudo aparentava correr normalmente.
Más com o inicio da Segunda Divisão os problemas começaram a vim a tona, desde atletas sem entrarem no BID onde alguns sequer tiveram seus nomes divulgados, jogadores alegando não estarem recebendo, como também no final da primeira fase a contratação de Acosta que informou em reportagem que saiu no GE PB não ter recebido e que jogou de graça para ajudar aos colegas atletas, duas arbitragens que não foram pagas e muitos outros débitos referentes as despesas do dia a dia do clube.
Após o clube ter encerrado sua participação nas competições, a diretoria em comum acordo com o gestor do clube cancelaram o contrato tendo em vista os vários problemas enfrentados pelo clube durante a gestão de Jeferson Sabino a frente do clube nas duas categorias.
A equipe do Sabugy recebeu um grande apoio no município de São Mamede por parte do poder público local onde cedeu o estádio e uma casa onde parte dos atletas estavam alojados, o Secretário de Esportes José Mazzarope deu um grande suporte.
Passado esse tempo, o secretário José Mazzarope denunciou em redes sociais que dois atletas que estavam no clube continuam em São Mamede e estão abandonados pelo clube, são eles Tande que é do estado da Bahia e Pará do estado do mesmo nome, o ex gestor que era responsável pela equipe segundo informações não estar mais na cidade, e a diretoria informou em nota que não é responsável pelos mesmos, segundo consta no contrato que foi assinado e registrado em cartório, confira a nota divulgada pro José Mazzarope nas redes sociais:
"Tem dois jogadores aqui em São Mamede abandonado e se o presidente não resolver o caso deles ate 12:00h eu vou levar os dois para a imprensa e no Ministério Publico e denunciar com trabalho escravo agora pode divulgar na rede social porque eu e o Prefeito não temos nada haver estamos dando de comer e alguém do Sabugy tem que resolver essa situação urgente", José Mazzarope(Secretário de Esportes de São Mamede)
Nota divulgada pelo presidente d o Sabugy:
"A diretoria do Sabugy através do seu presidente Malaquias Filho comunica a todos os órgãos de imprensa que a questão dos atletas das categorias sub-19 e profissional eram responsabilidade da empresa Jefferson Sabino, de alimentação a deslocamento de atletas tudo era por conta da empresa e registrado em cartório, a unida coisa que pedimos ao município de São Mamede foi o campo para treinos e jogos e foi nos oferecido uma casa de apoio através da Prefeitura, a empresa alugou outras casas no município e colocou diversos atletas que tiveram total apoio por parte da Prefeitura, sendo que, desde o princípio que eu Malaquias Filho presidente do clube alertava sobre problemas internos que não estavam sendo cumpridos e não tínhamos responsabilidade alguma sobre as duas categorias citadas.
Já rescindimos o contrato com a empresa e exonerados o gestor do cargo de gerente e assumimos débitos referente a FPF e Contabilidade, agora quanto a questão de atletas e alimentação não era por conta do clube e temos como provar e só chegar a denúncia.
E para finalizar vou procurar o Prefeito de São Mamede Dr. Jefferson para que possamos dialogar porque até o presente momento acabou a competição e não tive contato com ele porque o secretário Mazzarope era quem tínhamos contato.
Quando o Sabugy estava vencendo e chegou a ser o campeão da chave aqui do Sertão chegando a semifinal do Campeonato Paraibano sub-19 e ficando a um gol de ir representar a Paraíba na Copa São Paulo de Juniors todos colocavam a empresa e o gestor acima de tudo e agora que no profissional aqueles mesmos que o elogiavam e o defendiam o apedrejam.
Estou com a consciência tranquila e ciente das minhas responsabilidade para esclarecimentos e só marcar o dia e a hora porque fazem 28 anos que vivo no mundo do futebol amador e profissional e tenho história e não vai ser agora que vou pagar por aquilo que não fiz"
, Malaquias Filho (Presidente).
Tentamos contato com o ex gestor do clube Jeferson Sabino através de ligações mas não conseguimos, estamos no aguardo de contato para ele falar a versão dele sobre o caso. 

Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador