Coluna de Eduardo Araújo: Série C

No próximo dia 24 às 17 horas teremos a rodada final da fase de grupos da Série C com vários clássicos, dentre eles o paraibano entre Treze e Botafogo no Amigão em Campina Grande.
A situação dos clubes paraibanos é complicada apesar de distintas: o Belo luta pela classificação para a fase de mata mata, enquanto que o Galo busca a permanência. Ambos precisam da vitória, mas apenas um deles a terá, bem como o empate desaguará em “morte” conjunta.
O caminho para o Treze é “mais tranquilo”, com a surpreendente vitória sobre o Confiança em Sergipe, o clube abriu dois pontos de diferença para o Z2 e precisa de uma vitória simples para garantir a permanência. D’outra banda, em caso de empate ou derrota deverá torcer por vitória do ABC contra o Globo ou empate entre as equipes potiguares.
O Botafogo tem um percurso deveras complicado, além da obrigação de ganhar do Treze em Campina Grande no Clássico Tradição, deverá torcer por empate entre Ferroviário e Confiança, assim como derrota ou empate do Santa Cruz contra o já classificado Náutico.
O clube pessoense teve um começo de ano animador, com o título paraibano e o vice campeonato na Copa do Nordeste, entretanto oscilou bastante na Série C, desaguando na complicada situação hodierna, com possibilidade remota de classificação e, desta feita, a paralisação das atividades em Agosto o que complica o orçamento pela falta de calendário.
A mudança de rumo é nítida a partir do returno da Série C, quando ficou cinco jogos sem vencer, obtendo êxito apenas na décima quinta rodada contra o Confiança no Almeidão. São dezessete jogos com seis vitórias, seis empates e cinco derrotas, totalizando vinte e quatro pontos e 47% de aproveitamento.
Em Campina a conjuntura é distinta, o Treze desde o início da temporada luta contra o rebaixamento. No Paraibano, o clube deu vexame e brigou até a última rodada pela permanência na divisão de elite estadual e após uma remodelação completa no elenco e comissão técnica, a condição manteve-se também na Série C.
Na terceira divisão o clube acumula dezoito pontos em dezessete jogos, sendo cinco vitórias, três empates e nove derrotas e um pífio aproveitamento de 35%. A título de comparação, os últimos rebaixados foram Moto Clube em 2017 com vinte pontos e Juazeirense em 2018 com dezenove pontos.
De certo, teremos um grande jogo no Amigão com a presença de ambas as torcidas, porém com a proibição das organizadas, conforme recomendação do Ministério Público. Infelizmente não há possibilidade de comemoração ao fim da última rodada para ambos os clubes paraibanos, apenas um deles obterá êxito ou no pior dos casos, nenhum. Fica a esperança de uma limpa e grande disputa, que vença o melhor.

Eduardo Araújo
Advogado
eduardomarceloaraujo@hotmail.com
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador