Revoltado, Delany solta o verbo após expulsão de Birungueta: "Isso foi uma falta de vergonha!"

Delany Nóbrega soltou o verbo após derrota para o Botafogo-PB no Estádio José Cavalcanti — Foto: Reprodução / TV Paraíba
Foi quente! Nacional de Patos e Botafogo-PB fizeram um jogo bastante pegado na noite dessa quarta-feira. E ao final dos primeiros 90 minutos da semifinal do Campeonato Paraibano, o Alvinegro venceu por 2 a 1 de virada. No entanto, não há como deixar de lado que o ponto-chave do confronto aconteceu aos 21 minutos da etapa inicial: a expulsão de Birungueta após falta em Marcos Vinícius, quando o Canário do Sertão vencia por 1 a 0 e estava melhor na partida, gerou bastante indignação por parte da torcida nacionalina. Após o apito final, o técnico alviverde, Delany Nóbrega, soltou o verbo, criticou o árbitro Marcelo Aparecido de Souza e principalmente o Belo. Inclusive, o comandante sugeriu que algum lance polêmico aconteceria caso o time de João Pessoa estivesse perdendo.
Em uma jogada de contra-ataque do Botafogo-PB, Marcos Vinícius arrancou no comando de ataque, quando, ainda fora da área, foi derrubado por Birungueta, que chegou com o aparente objetivo de parar o lance. O árbitro Marcelo Aparecido, por sua vez, nem pensou duas vezes: aplicou o vermelho direto, tirando da partida o meia improvisado na lateral direita.
De acordo com o técnico Delany, que foi um dos principais nomes da classificação do Nacional de Patos para a semifinal, o lance foi somente de parar a jogada, nada de agressão ou algo que valesse a expulsão. O treinador ainda foi mais longe, disse que a arbitragem entendeu que o Botafogo-PB não estava bem em campo e precisou agir para que o time entrasse no jogo.
– Não acredito, eu tenho certeza que o Nacional de Patos foi prejudicado. Está todo mundo de prova, o lance de Birungueta foi apenas para matar a jogada, nada de agressão que valesse a expulsão. O árbitro viu que o Botafogo-PB não tinha condição de ganhar do Nacional. Aí ou ele iria marcar um pênalti ou expulsaria alguém, foi o que aconteceu. É uma falta de vergonha! Eu cheguei em Marcelo e disse que isso não se faz – afirmou Delany Nóbrega.
Após o lance crucial da partida, o jogo ficou um tempo parado. Com direito a Zé Ivan, que é diretor de futebol e presidente do Conselho Deliberativo do Nacional de Patos, invadindo o campo para reclamar com a arbitragem.
O Nacional de Patos começou melhor a partida no Estádio José Cavalcanti, chegando a abrir o placar com o zagueiro Ranieri. O time permaneceu melhor até a confusão gerada com a expulsão de Birungueta.
Assim como o dirigente nacionalino, o técnico seguiu bastante revoltado durante a coletiva de imprensa, questionando a imparcialidade do quadro de arbitragem sorteado pela Federação Paraibana de Futebol (FPF).
– Eu não sei se ele foi comprado, não tenho provas. Mas, gente, o Botafogo-PB não precisa disso, é um time grande, tem que ganhar aqui dentro no 11 contra 11. O nosso time foi guerreiro, jogou com um a menos até o final. Que pena que tomamos o segundo gol – disse um desapontado técnico.
Com um a mais em campo, o técnico do Botafogo-PB, Evaristo Piza, sacou o volante Wellington Cézar e colocou o atacante Dico em campo. Isso mudou a estrutura botafoguense no confronto, conseguindo agredir mais o adversário, empatando aos 38 minutos do primeiro tempo, com gol do meia Marcos Aurélio.
Na segunda etapa, o Belo virou com um golaço do atacante Dico, que deu a vitória e uma boa vantagem para o jogo de volta. A partida acontece no domingo, no Estádio Almeidão, em João Pessoa, às 17h. Para Delany, a situação ficou mais difícil, mas ainda é possível buscar a classificação.
– Agora é só trabalhar. Faltam apenas dois dias para o jogo. Eles viram que o Nacional é um time forte e nós vamos para cima para ganhar o jogo e levar para os pênaltis.
Para se classificar diretamente para a final, o Nacional de Patos precisa vencer por dois gols de diferença fora de casa. Em caso de vitória por um gol, a decisão vai para os pênaltis. Qualquer resultado favorável ao Botafogo-PB ou empate garante a vaga para o time de João Pessoa.

Por Cisco Nobre e Raniery Soares 
Globoesporte.com/Patos, PB
Share on Google Plus

Inicio Esporte do Vale

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado em breve após ser analisado pelo administrador